Lew’Lara\TBWA entra no METAVERSO

O metaverso, utopia futurista une os mundos real e virtual, saiu das páginas dos livros e filmes de ficção científica para aterrissar nas grandes empresas. E por que não nas grandes agências? A Lew’Lara\TBWA lançou sua sede no Metaverso, para que a equipe e clientes possam vivenciar na prática as rotinas corporativas dentro do universo virtual. A operação da agência contará com um ambiente com recepção, salas de reunião, possibilidade de auditório para eventos, além de todas as experiências do espaço aberto da plataforma.

Está difícil escolher entre o escritório e o trabalho de qualquer lugar? É possível estar no escritório de qualquer lugar. Na prática, o metaverso é um ambiente virtual imersivo construído por meio de diversas tecnologias, como Realidade Virtual, Realidade Aumentada e hologramas.

Neste modelo, as pessoas podem interagir umas com as outras por meio de seus avatares 3D. Ou seja, o objetivo é que pessoas não sejam apenas observadores do virtual, mas façam parte dele.

Ao exemplo de outras grandes companhias – Boeing prometeu lançar seu próximo avião no metaverso, Nike comprou uma fabricante de tênis virtual de olho em vendas, Gucci vendeu uma versão digital da bolsa Dionysus no jogo Roblox por US$ 4.115 -, a Lew’Lara\TBWA estreia no metaverso como a primeira agência a reproduzir seu escritório no digital.

“Queremos aprender, sobretudo, o que o metaverso pode oferecer para as nossas marcas e a melhor forma possível é vivenciarmos tudo o que a plataforma oferece, abrindo um espaço de convivência para isso. É interessante que, ao passo que retornamos ao nosso espaço físico de forma híbrida e estamos com saudade do contato presencial, estamos também aprendendo a vivenciar novas forma de interação no mundo virtual”, comenta Marcia Esteves, CEO & Sócia da Lew’Lara\TBWA.

Diferente de uma reunião online, a experiência de conversar com avatares com os estímulos visuais e sonoros como se os participantes estivessem presentes. Ao criar um espaço online, a agência incentiva a produtividade, colaboração e interações realistas, que todos os aspectos da “vida real” da pessoa – trabalho, relacionamentos, interação – sejam permeados de forma imersiva pelo digital, e vice-versa.

“À medida que tecnologia avança e nos oferece novas possibilidade de conexão com as pessoas, a Lew’Lara\TBWA sempre vai se antecipar para aprender na prática a melhor forma de estabelecermos estes novos espaços como oportunidade para as nossas pessoas e marcas”, completa Marcia.