18 brasileiros estão entre os primeiros jurados anunciados para o El Ojo

Materia completa em espanhol:

O Festival Internacional El Ojo de Iberoamérica, que celebrará a sua 24ª edição nos dias 23, 24 e 25 de novembro, apresenta os Júris das competições Digital & Social, Mídia, Direto, Creative Data, Design, Conteúdo, Rádio, Gráfica e Via Pública. Os membros dos diferentes corpos de jurados, compostos por destacados profissionais de toda a região, irão analisar, selecionar e escolher os finalistas e os metais (Ouro, Prata e Bronze) dentre os trabalhos participantes da iberoamérica nas primeiras fases de votação. Em uma segunda fase, todos os Presidentes de cada um dos Prémios escolherão os Gran Ojos de cada prêmio em conjunto e com uma visão diversificada e abrangente. Uma fórmula inovadora e característica da visão integradora que El Ojo promove, uma vez que todos os Grandes Prêmios são definidos graças à contribuição do seleto grupo de presidentes.

Abaixo estão os nomes dos prêmios citados acima (os 18 brasileiros estão destacados na lista) e as mensagens dos respectivos presidentes de júri, que os orientarão através do processo de votação, que começa nesta semana:

EL OJO MÍDIA

Presidente: Alejandra “Alita” Pereyra, Diretora Regional de Criação da Mediabrands para a América Latina

JURADOS:

Paul Heath – Streetwise – Brasil

Ágatha Kim – Havas São Paulo – Brasil

João Caetano – Grey Brasil – Brasil

Vítor Barros – PROPEG – Brasil

Víctor Blanco – PS 21 – Espanha

Juan Ignacio Calvo – R/GA Argentina – Argentina

Carla Éboli – Energy BBDO – Estados Unidos

Omar Fabián – Wunderman Thompson México – México

Mauricio Guerrero – Goodfellas Colombia – Colômbia

Flor Leibaschoff – LERMA – Estados Unidos

Ana MarroquÍn – Ogilvy Guatemala – Guatemala

Agustina Militerno – Untold Media Argentina – Argentina

Facundo Paglia – Wunderman Thompson Puerto Rico – Puerto Rico

Marcel Palacio – Bombai Ecuador – Equador

Federico Perié – Biedermann / McCANN Paraguay – Paraguai

Indiana Quiñones – SunMedia – Argentina

Germán Quiroz – Wunderman Thompson Chile – Chile

Sebastián Terzi – Ignis – Argentina

Javier Urbaneja – Publimark MullenLowe Costa Rica – Costa Rica

Alita Pereyra deixa uma mensagem aos jurados, referindo-se ao impacto positivo: “Temos uma grande responsabilidade como marqueteiros, criativos e comunicadores. Temos orçamentos na ordem dos milhões. É MAIS para mim que as ideias têm um impacto positivo. É isto que quero dizer com impacto positivo em nível cultural, tal como abordar uma ideia com uma perspectiva de gênero, diversidade e representatividade, mas também quero dizer impacto positivo em nível ambiental, tendo a sustentabilidade como um farol”. E, mais adiante, indicou que se sentiria muito orgulhosa se recompensassem todas aquelas ideias que não são apenas um bom case para o Festival, mas que vemos claramente que têm sido ideias que fazem crescer marcas/produtos/serviços. Referindo-se também à ideia e à sua relevância para a marca/produto/serviço, apresentou a última verificação na sua lista: “que as ideias que reconhecemos são ideias únicas e imutáveis. Ideias que são para a marca/produto/serviço e que não são as mesmas para qualquer concorrente da categoria”.

EL OJO DIGITAL & SOCIAL E EL OJO CREATIVE DATA

Presidente: Sebastián «Patán» Tarazaga – Diretor Geral Criativo de Wunderman Thompson LATAM

JURADOS:

Giacomo Groff – R/GA SP – Brasil

Sergio Mugnaini – Sunset DDB – Brasil

Angie Ariza – Founder – México

Juan Bonilla – Wunderman Thompson Costa Rica – Costa Rica

Karime Castillo – Publicis Evil – México

Carlos Charro – Digitas Perú – Perú

Alejandro Di Trolio – CHEIL Spain – Espanha

Federico Duran – Media.Monks – Estados Unidos

Federico Isuani – beso – México

Gustavo Marioni – Shackleton Chile – Chile

Diego Muñoz – MullenLowe SSP3 – Colômbia

Mariana Peluffo – CHEIL Panama – Panamá

Felipe Pelzel Di Luca – WILD-FI Uruguay – Uruguai

Federico Plaza – The Juju Argentina – Argentina

César Requena – R/GA Argentina – Argentina

Ximena Rojas Rivera – BBDO Argentina – Argentina

Federico Russi – Bitso – México

Sandra Sabido – capital.dma – México

Martín Seijas – Isobar Argentina – Argentina

Rodsel Ticona Guevara – Humano – Bolívia

Sebastián “Patán” Tarazaga, em mensagem aos jurados do prêmio Digital & Social, disse: “Esta categoria tem a beleza de ser muito abrangente. É uma daquelas em que, quando estamos a julgar algo, nos perguntamos: ‘esta ideia encaixa aqui?’ E isso porque os anos passam e surgem milhares de novas formas de gerar ideias”.

Quando se trata de votar, a sua mensagem era clara: “Vamos votar a favor das ideias”. Grandes ideias. Ideias que têm o digital e o social no seu coração. Que são frescas. De que nunca ouvimos falar. Isso faz-nos sorrir ou dizer ‘Quem me dera tê-lo feito eu mesmo'”, e acrescentou “Podem ser ideias puramente comerciais ou de comunicação. Mas têm sempre de ser ideias que tenham respeito. Para os outros, para a indústria, para todos”.

Quanto ao El Ojo Creativa Data, um prêmio também presidido por Patán, algumas das recomendações para os jurados são: “Esta categoria tem a particularidade de ter dados no centro de todas as ideias. Como é que nos damos conta de que uma ideia é ou não é dado? Se a ideia ainda funcionar se eu retirar os dados, não é uma ideia de dados. Os dados podem inspirar uma ideia, podem fazer parte do desenho, podem ser a espinha dorsal de uma experiência, podem ser o gatilho para um novo comportamento, podem ser um resultado. Mas tem de estar sempre no centro da ideia.

E como mensagem final propõe que se vote pensando que estas peças demonstram os seus critérios como júri e acrescentou “Não deve haver peças que não nos representem ou não estejam alinhadas com a comunicação do ano 2021. Vamos votar com inteligência. Com seriedade. Ideias que demonstram o poder dos dados”.

EL OJO GRÁFICA

Presidente: Ángel Torres, Diretor Criativo Executivo e sócio fundador do El Ruso de Rocky

JURADOS:

Anna Martha Silveira – FCB Brasil – Brasil

Marco “Pernil” Giannelli – AlmapBBDO – Brasil

Eduardo Salles – MullenLowe Brasil – Brasil

Andrés Borja – DDB Argentina – Argentina

Jorge Carrera Díaz – Leo Burnett México – México

Rafael Clark – NOSSA – Portugal

Daniel Correa – Alma – Estados Unidos

María Luján Donaire – HOY Argentina – Argentina

Manir Fadel – VMLY&R Madrid – Espanha

Renato Farfán – BOWIE – Peru

Camilo Guanes – Oniria /TBWA – Paraguai

Michelle Guichard – Ogilvy Colombia – Colômbia

Ricardo Mendoza – d4 McCANN Guatemala – Guatemala

Sebastián Mir – Punto Ogilvy – Uruguai

Salvador Pacheco – Alvarado Molina – México

Hernán Ramos Badilla – Pedro Juan y Diego – Chile

Denis Saavedra – MullenLowe Bolivia – Bolívia

Edwin Sánchez Fierro – Ariadna Paraguay – Paraguai

Álvaro Soto – Grey NY – Estados Unidos

Christian “Chicho” Villalba – Santuario – Equador

Ángel Torres transmitiu aos jurados da categoria que eles têm a responsabilidade de escolher as melhores obras: “Peço que o façam com o mesmo entusiasmo ou com mais entusiasmo do que eu próprio o irei fazer. Há muitas horas de trabalho por trás, dias a mil a tentar fazer o melhor trabalho gráfico possível. É por isso que é importante, muito importante, que pensemos cuidadosamente sobre a nota que damos a cada trabalho. E vamos ter esse esforço em conta. Vamos votar com empatia”. E para encerrar a sua mensagem, disse “Vamos mostrar que esta categoria tem uma vida longa”.

EL OJO DIRETO

Presidente: Sophie Schonburg, Diretora de Criação Executiva da Africa

JURADOS:

Rodrigo Righetti – RREC – Brasil

Daniel Ottoni – Tracy Locke DDB Brasil – Brasil

Stella Pirani – Wunderman Thompson Brasil – Brasil

Leandro Álvarez – Lola Normajean – Portugal

Juan Bernárdez – White Rabbit – FCB/Crea – Costa Rica

Jorge Borrero – Pasaporte – Peru

Santiago Cuesta – VMLY&R Colombia – Colômbia

Felipe Dácaret – Daf – Chile

Gustavo Etchandy – Innvented – Uruguai

Julio Gallego – Nasta – Paraguai

Elizabeth Juárez Manzanares – Vector B / McCANN México – México

Paula Kiernan – EntraVision – Argentina

Franco Luca – RAPP Argentina – Argentina

Marta Nicolás – Samy – Espanha

Daniel Payan – Wunderman Thompson Colombia – Colômbia

Edwin Pineda – Geometry Colombia – Colômbia

Omar Polo – McCANN Panamá – Panamá

Agostina Poncini – FCB Montevideo – Uruguai

Santiago Saiegh – Innocean – Espanha

Rafael Sepúlveda – Contáctica – Puerto Rico

Sophie Schonburg compartilha uma mensagem muito concreta para os jurados de Direto, salientando que a verdade é o que eles têm de procurar em cada grande ideia, dizendo: “Não confundamos verdade com realidade”. Em outra parte da sua mensagem, explica que as pessoas se ligam mais facilmente à publicidade quando se veem nela. Quando são tocados por uma verdade que lhes é comum. E isso aplica-se a qualquer categoria. Quanto à categoria a que preside, explicou que ela ainda tem o desafio de trazer resultados mais eficazes. “É uma categoria que tem inovado todos os anos, onde a tecnologia tem desempenhado um grande papel. Tecnologia, dados, relevância para o público (muitas vezes a categoria cria uma necessidade que nem sequer existia), coragem para inovar. Tudo isso está sempre ligado a uma verdade humana”. E conclui, explicando: “Parece muito tudo junto, mas é isso que devemos procurar no trabalho que iremos avaliar”.

EL OJO VIA PÚBLICA

Presidente: Diego Wallach, Diretor Criativo da Publicis Worldwide México

JURADOS:

Pedro Utzeri – Leo Burnett TM – Brasil

Ximena Baltazar Landeros – Media.Monks – México

Iván Calle – Zubi – Estados Unidos

Hernán Cerdeiro – AnyGivenDay – Estados Unidos

Carlos De Javier – Contrapunto BBDO – Espanha

Alejandro Gómez – Fantástica – Colômbia

Gastón Guetmonovitch – Leo Burnett Madrid – Espanha

Gabriel Huici – Don – Argentina

Diego Lazcano – Wunderman Thompson Montevideo – Uruguai

Jairo Lezaca – Hoy México – México

Fernando Osuna – Lopez Negrete – Estados Unidos

Josafat Padilla – Havas Costa Rica – Costa Rica

André Pedroso – MullenLowe Delta – Equador

Irene Preciado – TERAN TBWA\ – México

Victoria Reig – McCANN España – Espanha

Rafa Reina – Ogilvy de la Cruz – Porto Rico

Carlos Andrés Rodrígues – DAVID Colombia – Colômbia

Ricky Soler – Oneighty / FCB – Porto Rico

Sergio Franco Tosso – Fahrenheit DDB – Peru

Raimundo Undurraga – VMLY&R Chile – Chile

Diego Wallach começa a sua mensagem aos seus jurados assinalando que Via Pública, ou o que acontece fora de casa, tem acesso irrestrito a todas as pessoas e é por isso que o considera tão fascinante. Ao referir-se à Via Pública tradicional (VP Formatos Convencionais de VP1 a VP9), diz que “queremos ideias que nos mostrem que, ao contrário do que por vezes pensamos, nem tudo foi feito”. Quanto ao lado não tradicional (Outros Formatos, Categorias VP10 a VP13) sublinha que “é um prêmio que está em constante evolução e que já nos mostrou que tem um componente interativo, que pode influenciar a vida das pessoas de uma forma surpreendente e com infinitas possibilidades. Temos visto ideias para vias públicas que melhoram a vida das pessoas, porque têm um efeito positivo na ecologia, levam água a lugares onde não havia nenhuma, transformam energia e até salvam vidas”. E encerra com uma reflexão para todos os jurados “Estou convencido de que não há melhor altura na história para trabalhar nesta indústria do que aquela em que vivemos hoje. Honremos este festival e celebremos as melhores ideias, que aproveitemos ao máximo este momento”.

EL OJO DESIGN e EL OJO PRODUÇÃO GRÁFICA

Presidente: Josefina Casellas, Diretora Criativa do Grupo, R/GA Buenos Aires

JURADOS:

Luis Bartolomei – CBA B+G – Brasil

Eduardo Basque – McCANN Health Brasil – Brasil

Ricardo Miller – Oliver / U-Studio Brazil – Brasil

Clarissa Biaggi – TBWA\ San Juan – Porto Rico

Eduardo Bonilla – LETTERA – Equador

Victor Cabezas – Sajo McCANN – Porto Rico

Jorge Evia – Ferrer – México

Nathalie Hazim – ROOM – República Dominicana

José Huertas – Leo Burnett Costa Rica – Costa Rica

Alejandro Istúriz – Mercado McCANN – Argentina

Augusto Landauro – Wunderman Thompson Perú – Peru

Gabriela Paredes – MBCS México – México

Susana Pérez – Proximity Barcelona – Espanha

Ignacio Porto – Palmera Inc – Argentina

Rocío Restaino – Interbrand – Argentina

Alejo Salamanca – Garabato MullenLowe – Paraguai

Titi Santos – FAN – Chile

José Suaste – Fluent360 – Estados Unidos

Bernardo Tavares – Havas Portugal – Portugal

Carlos Yepes – Ariadna Bolivia – Bolívia

Josefina Casellas, ao definir como serão premiados os melhores trabalhos na iberoamérica em Design e em Produção Gráfica, compartilhou a sua visão, explicando que eles devem ser “aqueles cases que nos fazem sentir as coisas. Que, para além de se destacar esteticamente, nos diga algo. Aqueles que comunicam através do design”. Referindo-se à categoria a que preside, explicou que, nos últimos anos, o design ganhou muito mais relevância e acrescentou: “É fundamental quando se trata de transmitir uma mensagem, e é o que ajuda e impulsiona uma ideia a ser espetacular ou a passar despercebida”. Também partilhou uma mensagem para todos os jurados observando que, como equipe, esse júri tem a grande responsabilidade de escolher o melhor. “Os vencedores deste prêmio serão os que, para a indústria, nos mostrarem para onde vamos e nos ajudarem a definir a fasquia para o próximo ano. Portanto, peço-vos que sejam exigentes, que recompensem o que realmente nos inspira e que, desta forma, inspirem outros”.

EL OJO CONTEÚDO e EL OJO RÁDIO

Presidente: Ingrid Lira Dellachiesa, Diretora Criativa Geral da Puerto Chile

JURADOS:

Vinícius Malinoski – Netflix Brasil – Brasil

Nicolás Romanó – Wunderman Thompson Brasil – Brasil

Miguel Ángel Arciniega – Archer Troy – México

Maru Bernal – WeBelievers – Estados Unidos

Rodrigo «Coco» Casas – Anónimo – México

Roberto Fara – Ogilvy Madrid – Espanha

Agustín Febres Cordero – Paradise DDB – Equador

Ignacio Flota – DAVID Buenos Aires – Argentina

Guillermo Iparraguirre – KOKU – Paraguai

Jesús Lada – Havas Spain – Espanha

Gabriel Lista – Cámara /TBWA – Uruguai

Coco Luyo – Monroe – Peru

Marino Peña – Pagés BBDO – República Dominicana

Juan José Posada – Grey Colombia – Colômbia

Luis Redrovan – Publicis Ecuador – Equador

Juan Carlos Rodríguez Pizzorno – Porto Rico

Laura Sampedro – MullenLowe Los Ángeles – Estados Unidos

José Ignacio Solari – McCANN Santiago – Chile

Marina Stern – Mercado McCANN – Argentina

André Takeda – Disney – Argentina

Ingrid Lira refere-se ao prêmio Conteúdo como uma das áreas que mais profissionaliza a publicidade e diz: “Peças que atingem um nível tal que quase se misturam com arte e cultura, tornando a nossa profissão mais profunda. Embora o nosso objetivo continue a ser o de ligar as marcas às pessoas, com conteúdo pedimos algo aos consumidores enquanto damos algo em troca”. Ela fala: “A coisa mais difícil sobre esta categoria será a atribuição de prêmios dentro da sua diversidade. É aí que o julgamento deve centrar-se na ideia, na sua sensibilidade, no seu senso comum, na sua simplicidade e numa execução que se adeque ao que se quer transmitir”. Já sobre Rádio, a outra categoria a que Ingrid irá presidir, ela declara: “Estou convencida de que ainda não estamos vendo as infinitas possibilidades que o Rádio e o áudio têm. Convido-os a jurar na rádio que o abrirá, que o ajudará a sair da sua zona de conforto, que o colocará em situações desconfortáveis e a ver todo o seu potencial. Até para o retirar do guião, para ver como ele se comporta em circunstâncias que não são habituais para ele e, claro, as peças de rádio que passaram por tudo isso, para as recompensar. Não estou dizendo que devemos deixar de atribuir scripts, mas sim que devemos recompensar aqueles que nos fazem descobrir a nós próprios”.

O processo de votação já está se iniciando para alguns dos prêmios e continuará até que os Gran Ojos da iberoamérica sejam definidos para cada um dos prêmios a serem entregues durante o evento nos dias 23, 24 e 25 de novembro.