Dafiti aposta em um mês inteiro de Black Friday

Em clima de Black Friday, a Dafiti, e-commerce de moda, realiza um mês inteiro de descontos de até 80% em categorias diferentes a cada dia. Já no dia 26 de novembro outros produtos do site entrarão para a campanha Black Friday, válida por todo o fim de semana e seguida dos descontos da também já tradicional Cyber Monday.

Para oferecer maior comodidade aos seus clientes, a Dafiti se prepara para também disponibilizar os descontos em suas plataformas mobile, tanto pelo site responsivo, quanto em seu aplicativo. A ideia é que, os clientes que não tiverem tempo de acessar o site da Dafiti por um desktop, possam aproveitar a Black Friday de qualquer lugar. “Temos somado nossos esforços para oferecermos a maior conveniência aos clientes durante a Black Friday. Isso significa que eles poderão acessar a Dafiti em qualquer lugar e realizar a compra no caminho de volta para casa, por exemplo, tendo em mãos nosso portfólio e acessando diariamente os descontos que vamos oferecer”, afirma Malte Huffmann, sócio-fundador da Dafiti.

Segundo estimativa da Busca Descontos com a ClearSale, a Black Friday 2015 deve alcançar a marca de 978 milhões de reais em faturamento, aumento de pouco mais de 10% em relação aos 872 milhões de reais registrados na edição do ano passado, e 50% a mais na comparação com 2013. Para a Dafiti, a previsão durante a Black Friday 2015 é vender 8 vezes mais do que em um dia comum.

Todos os anos a Dafiti garante que as suas práticas durante a Black Friday estejam de acordo com o Código de Ética da iniciativa. Sendo assim, a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico concedeu à marca o selo “Black Friday Legal 2015”, que comprova a genuinidade dos descontos oferecidos durante esse período. “A Black Friday representa uma data muito importante para todo o setor. Em 2014, 18% de todos que compraram na data estavam realizando sua primeira compra online. A Dafiti assume o compromisso de garantir que essa compra seja segura, transparente e conveniente, fazendo com que o cliente quebre a barreira de comprar online e faça disso um hábito”, finaliza Huffmann.