Telas Festival Internacional terá programação na OCA, FAAP, MAM, MIS e Unibes Cultural

O Telas Festival Internacional de TV de São Paulo,  evento que integra a agenda cultural da capital paulista, chega à sua segunda edição, de 9 a 15 de novembro. Serão exibidas produções nacionais criadas pelas principais produtoras e canais de TV do Brasil e de países como Alemanha, Argentina, Austrália, Bélgica, Colômbia, Equador, Espanha, França, Holanda, Reino Unido e Uruguai, produzidas para diferentes plataformas. São séries de ficção e não-ficção, documentários musicais, programas infantojuvenis de animação e live-action, documentários e webseries desenvolvidas originalmente para a TV (aberta e por assinatura), Internet e vídeo on demand. A inovação e a tecnologia serão debatidas com especialistas em encontros abertos ao público.

Mais de 60 empresas inscreveram seus programas que, após seleção de um júri especializado, vão participar das Mostra Brasil, Mostra Internacional, Mostra Comkids e Mostra Input.  As exibições são gratuitas e acontecem nas salas de cinema: OCA, MIS, MAM, FAAP e Unibes Cultural. O Telas Festival continua a parceria na curadoria internacional de festivais como o FIPA (França), Sunny Side (França) e HotDocs (Canadá), além da consultoria para a temática infantojuvenil do comKids.

A novidade deste ano é que a Spcine, Empresa de Cinema e do Audiovisual de São Paulo, assina a realização do Telas Festival com a Converge, empresa que há 20 anos promove o fórum audiovisual mais respeitado do país. Um dos trunfos da parceria é ter colocado a Oca, no Parque Ibirapuera, no centro do evento. A mediação foi feita pela Spcine junto ao Museu da Cidade, órgão da Secretaria Municipal de Cultura e gestor do espaço.

Para o diretor-presidente da Spcine, Alfredo Manevy, o festival é fundamental para consolidar São Paulo como cidade que articula as várias dimensões do audiovisual, da artística à econômica. O evento integra a agenda  Novembro Audiovisual criada pela empresa em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura. “Creio que a cidade e o setor audiovisual podem ter no Telas uma praça de fruição, debates, celebração e negócios na área audiovisual. Faltava um espaço assim em São Paulo, e a Spcine desde o início vem fortalecendo todos os festivais e eventos que podem cumprir esse papel. O Telas vem somar mais um importante espaço junto aos outros”, declara.

Sobre a negociação da Oca como local de convergência da maior parte das atrações, enfatiza: “É um ícone arquitetônico da paisagem paulistana, um equipamento acessível, democrático e popular. O evento tem que se aproximar desse espírito”.

Segundo o diretor editorial do Telas Festival, André Mermelstein, “este evento nasceu ano passado como uma primeira tentativa de dar visibilidade a todo um conteúdo de qualidade que é produzido, e agora com a aquisição da Oca, além dos demais espaços parceiros, passará a ser uma referência nacional e internacional no reconhecimento destes talentos”.

Entre os debates paralelos do Telas Festival está o  Fórum da Inovação  que vai reunir na OCA especialistas, brasileiros e internacionais, nas novidades técnicas e de conteúdo na produção audiovisual. Será gratuito e aberto ao público. A FAAP também será palco de debates sobre programas musicais (participam Charles Gavin, Jair Oliveira e Salim Mukaddam, da BBC) e culinários (com Henrique Fogaça, Carla Pernambuco, Rita Lobo, André Mifano e Pedro Benoliel).

 

SERVIÇO
Telas – Festival Internacional de TV de São Paulo
Quando – 9 a 15 de novembro
Onde -FAAP – Rua Alagoas, 903 – Higienópolis;  OCA e MAM- Parque do Ibirapuera  – Av. Pedro Álvares Cabral,s/nº;  MIS- Avenida Europa, 158, Jardim Europa; UNIBES Cultural- Rua Oscar Freire, 2500 – Pinheiros
Programação e informações:
www.festivaldetv.com.br
facebook.com/telasfestivaldetv
twitter.com/telasfestivaltv
instagram.com/telasfestival