Grupo RIC investe em inteligência de dados e tecnologia para tornar-se mediatech

Leonardo Petrelli, presidente executivo do Grupo RIC, entre os diretores Marcelo Requena e Riadis Dornelles. Crédito da foto: Antônio More.

Conglomerado de comunicação multiplataforma do Paraná e um dos líderes do país, o Grupo RIC está pisando fundo no acelerador para tornar-se uma mediatech até 2025. “O projeto RICTechTM inclui um pacote de novidades e investimentos que já estamos fazendo para alinhar a empresa com o futuro da comunicação. E esse futuro é baseado em tecnologia, em dados e na melhor experiência para o anunciante e o consumidor final”, diz Leonardo Petrelli, Presidente Executivo do Grupo, que projeta crescer 20% em faturamento neste ano e lança ainda no primeiro semestre um novo site comercial e um canal OTT (over the top) com programação via internet.

O conceito RICTechTM está apoiado em uma forte aposta na reestruturação da área de vendas e de marketing. O Grupo consolidou investimentos de R$ 2 milhões ao ano em ferramentas de inteligência de dados para oferecer ao anunciante informações estratégicas para seus negócios. “Nosso cliente não está comprando apenas mídia e sim comprometimento e resultado. Nós podemos dizer a ele qual é o melhor investimento para sua verba dentro de diversos veículos, baseados em ferramentas inteligentes e preditivas de dados, que medem o comportamento do consumidor em qualquer lugar, seja qual for seu perfil. Oferecemos pesquisas e estudos para os clientes, e intensificamos  durante a pandemia, para levantamentos de dados que orientem suas decisões, apoiando o atendimento no formato omnichannel”, explica Petrelli.

A estratégia é conduzida pelo novo Diretor Corporativo de Mercado e Soluções Integradas, Marcelo Requena – que esteve no comando da direção comercial da Rádio Jovem Pan por 15 anos e traz para o setor um perfil sintonizado com as mudanças -, e operacionalizada pela recém-criada diretoria de Growth Marketing, que tem à frente Riadis Dornelles, profissional especialista em dados e comunicação.

Com suporte de marketing para todas as unidades de vendas internas e para o mercado, o grupo de growth reúne cerca de 30 profissionais de diferentes áreas, trabalhando em formato squad – pelo menos 10 foram contratados agora -, e tem o  desafio de inserir na rotina da empresa, dos profissionais e do mercado as novas metodologias digitais que potencializam a verba do anunciante em todas as plataformas de comunicação.

A equipe se distribui em duas novas gerências, uma de Comunicação e Conexões e outra de Growth Marketing, gerenciadas pelas profissionais de marketing Michelle Reffo e Larissa Ilaídes.

Site comercial e OTT

A RICTechTM contempla o lançamento até julho deste ano de um novo site comercial que será uma vitrine para todos os canais, produtos e possibilidades de divulgação oferecidas pelo Grupo RIC ao mercado. Além disso, o site vai facilitar a interação com o público-alvo e as negociações com os decisores de compra, transformando os vendedores de mídia em consultores de negócios.

Em seguida vem o lançamento de uma OTT (abreviação em inglês para Over The Top, que indica transmissões de vídeo feitas por meio da internet, sem a necessidade de uma assinatura de televisão a cabo). A nova plataforma de streaming, que se torna possível com a maior disponibilidade de banda larga no país e um parque de aparelhos de tv digitais em expansão, terá seu piloto estreando nos próximos meses.

Vocação para mediatech

A vocação da RICTechTM está apoiada na estrutura que o Grupo RIC vem construindo ao longo dos anos e que representa hoje a maior planta digital do mercado paranaense. É líder em número de placas de prata, entregues pelo YouTube a canais com mais de 100 mil inscritos. O canal Balanço Geral da RIC TV Curitiba tem o segundo maior número de seguidores entre todos do país, atrás apenas do de São Paulo.

A plataforma Spark, parceira do Grupo RIC no Paraná e em Santa Catarina – e única do mercado regional especializada em marketing de influência -, também reflete a personalidade inovadora da empresa. No ano passado, em plena pandemia, ela recebeu aporte de R$ 8 milhões liderado pela gestora de investimentos Apex Partners. Um dos diferenciais da Spark está no software que consegue identificar os influenciadores adequados para cada projeto e mensurar dados de engajamento e de perfil da audiência.

Reestruturação

O projeto RICTechTM incluiu estudos sobre as mudanças no comportamento e nos hábitos do consumidor de informação e de entretenimento, e seus reflexos na expectativa dos anunciantes, suas marcas e produtos. Para atender ao desafio do cenário em transformação, o Grupo também reestruturou as quatro praças regionais. Os diretores regionais passam a trabalhar em formato omnichanel a fim de construir audiência e levar soluções multiplataforma para o mercado.

O antigo departamento digital evoluiu para que a “alma digital” seja incorporada por todas as equipes. Assim, todos os veículos e produtos digitais passaram à Diretoria Corporativa de Produto, Conteúdo e Convergência, sob a liderança de Marcus Yabe, que há um ano e meio vem construindo a cultura de gestão de produto cross e a construção de audiências integradas. Outra mudança dentro desse pacote ocorreu na diretoria regional de Maringá, assumida por Fabio Góes, com ampla experiência em empresas do setor de comunicação do Paraná.

O case Engie

“A RICTechTM é um futuro que estamos construindo há muito tempo, mas que agora ganha impulso e vai dar ainda mais suporte às conquistas do Grupo”, diz Marcelo Requena.

A empresa já comemora resultados obtidos por clientes como a Engie, maior geradora privada de energia do Brasil. “Desenvolvemos para a Engie uma série especial no RIC Notícias para falar sobre conteúdos relacionados à história e a serviços da empresa. A série foi desdobrada no Instagram e Facebook, em uma editoria exclusiva no portal RIC Mais, com textos e vídeos, com matérias especiais e boletins de rádio”, explica Riadis Dornelles.

A experiência crossmedia levou conteúdo e informação ao público por meio de várias plataformas, com grandes resultados em visibilidade para a marca Engie e seu projeto Gralha Azul.