H.A.M.nyc comemora um ano no mercado

Da esquerda p/ direita: Max, Hebert e Álvaro no estúdio da H.A.M em NY.

A H.A.M.nyc comemora um ano de atuação com grandes conquistas. Além das conquistas da filial em São Paulo, inaugurada em março de 2016, a produtora destaca trabalhos para grandes marcas, como o filme de Samsung criado para o lançamento da primeira loja modelo da marca, em Nova York. “Fomos chamados pra criar algo particular e original. O trabalho foi bastante elogiado pelo cliente global”, comenta o produtor musical Max de Castro, sócio da H.A.M.nyc.

Fundada em Nova York por Max de Castro e o empresário Hebert Mota, a H.A.M.nyc tem o objetivo de criar e produzir trilhas para publicidade e conteúdo. A sede norte-americana decolou e tem atraído os olhares de criativos de importantes agências de Nova York, Miami, Los Angeles e São Francisco.

A sociedade conta ainda com o engenheiro musical Álvaro Alencar, que traz em seu currículo 13 Grammy Awards. Alguns trabalhos levam as assinaturas de Max de Castro e Álvaro Alencar, de acordo com a agenda dos produtores musicais. Isso porque Max fica entre São Paulo e Nova York, passando mais tempo à frente da sede brasileira da H.A.M.nyc. “Tentamos produzir a maioria dos jobs a quatro mãos. Muitas vezes trabalhos feitos no Brasil são finalizados em NY”, explica Max.

 

A filiar em São Paulo está indo bem. Com apenas três meses de atividades, a H.A.M conquistou um Leão de Prata no Festival de Criatividade Cannes Lions 2016, com job criado pela agência Africa para a Suzuki. Nos últimos meses foram produzidas trilhas de filmes para marcas como Samsung, filmado no Alaska, e Honda. O atendimento é comandado por Kiki Eisenbraun.

“Sempre digo que a H.A.M.nyc veio pra se tornar uma empresa de solução, e não somente fazer “trilha e locução” como a maioria faz. Queremos ser necessários. Temos um trabalho e atendimento diferenciados”, avisa Max de Castro.