Diretor da Stink Films lança projeto musical

O escritório brasileiro da Stink Films lança mais uma manifestação artística para o #view_finder, projeto global da produtora. Iniciado assim que o isolamento social se tornou global, a hashtag tem reunido manifestações criativas em torno do isolamento social causado pela pandemia acerca do coronavírus.

Com 10 escritórios em diferentes países, a Stink tem produzido reflexões sob diferentes perspectivas e condições de isolamento, retratando-as pelo prisma criativo de seus diretores. As manifestações são compartilhadas pelo Instagram desde o início de abril e buscam dar um novo olhar para o que as pessoas estão sentindo e passando nesse momento de crise.

A quinta contribuição ao #view_finder é bastante original. Consagrado pelos trabalhos premiados que envolviam banco de imagens, como a série COMA e o filme Endless Stories, ambos criados pela Almap e produzidos pela Stink para Getty Images, o diretor de cena Squarehead se viu desafiado a fazer algo novo e que não necessariamente envolvesse a captação ou a edição de imagens.

Logo que o conceito #view_finder foi apresentado pela Stink, o diretor se questionou o que poderia fazer de diferente. Um documentário sobre beats dos anos 80 o levou a mais um questionamento: “será que eu consigo fazer uma música?” Partindo dessa premissa, Squarehead se desafiou a criar e produzir uma música.

Foi então que conversando com amiga argentina China Bernardes que criaram “Cósmico”. “A música aproxima, cria uma conexão. Achei um bom contra ponto para o isolamento e o distanciamento social”, resume Squarehead.

“’Cósmico’ é uma síntese do que estamos vivendo. Nosso método de criação da música e o conceito do projeto estão interligados. Procuramos trazer reflexões, propor conexões à distância, realizar criações sem barreiras físicas, experimentar as inspirações coletivas. Todas essas e tantas outras formas de expressão se concretizam no conceito ‘Cósmico’”, completa o diretor.