Editora Senac Rio lança ‘Valor do branding no novo normal’, de Eduardo Tomiya

A Editora Senac Rio lança Valor do branding no novo normal, de Eduardo Tomiya. No livro, o autor traça uma perspectiva de sua trajetória e usa sua experiência como base de observação da evolução do branding. O que é branding? E o que não é? A obra traz conceitos sobre as definições mais básicas e orientações para entender o tema como um ciclo ou um processo denominado pelo autor de “Gestão do Valor da Marca”.

O primeiro evento de lançamento do livro será um bate-papo virtual no evento Drink About, da ASBPM (Associação Brasileira de Pesquisadores de Mercado, Opinião e Mídia), dia 25 de setembro, às 19 horas. O segundo será um webinar exclusivo para associados do Comitê de Branding e Conteúdo da ABA (Associação Brasileira de Anunciantes) dia 28 de outubro, das 9 às 10 horas.

Em Valor do Branding no novo normal, Eduardo Tomiya analisa a importância das marcas no novo cenário, revela armadilhas que devem ser evitadas no processo de construção de marcas, analisa erros e acertos de marcas brasileiras e estrangeiras valiosas, reúne depoimentos de importantes lideranças C-Level sobre o contexto do novo normal e traz um levantamento sobre metodologias de brand valuation, consolidadas a partir de sua experiência em projetos de definição do valor financeiro e significativo de marcas.

“O novo normal, sem dúvida, veio para ficar. Foi uma redescoberta de como fazer coisas muito “banais”, então é óbvio que os hábitos de consumo mudaram bastante. Sem falar nos muitos calls, chamadas de vídeo ou hangouts… Assim como deve ter acontecido a todos, deu aquela sensação de saber o quão somos pequenos e suscetíveis a situações que não estão sob controle. Um repensar a carreira, a relação com trabalho e com a sociedade tornaram-se fundamentais uma vez que ficaram bem expostas as diferenças sociais do mundo, especialmente em um país como o Brasil”, explica o autor.

Alguns falam que no novo normal seria preciso entender necessidades não atendidas de mercado e basear-se nisso para estruturar a proposta de valor de sua marca. Para Tomiya, no entanto, há um diagnóstico inicial que precede isso, que é tanto revelar a identidade da marca quanto ter uma conexão com o day after – ou seja, entender quais são os impactos no negócio, além de entender a percepção externa (e necessidades não atendidas). Para isso, o autor faz uso de uma ferramenta que também emprega em suas aulas e em seus projetos: o prisma de identidade de Kapferer.