Brasil soma 38 brasileiros no El Ojo Iberoamérica 2021

O Festival Internacional El Ojo de Iberoamérica, que celebrará a sua 24ª edição nos dias 23, 24 e 25 de novembro, apresenta os últimos nomes que vão compor o Júri das premiações El Ojo Sports, Film, Tercer Ojo, Inovação, Melhor Ideia Latina Para o Mundo, Sustentável, Eficácia, Experiência de Marca & Ativação, Ojo PR; El Produção Audiovisual, Áudio & Som e Jovens Diretores de Cena. No início da semana, o festival divulgou o júri das competições Digital & Social, Mídia, Direto, Creative Data, Design, Conteúdo, Rádio, Gráfica e Via Pública, com 18 brasileiros entre os nomes na lista.

Os membros dos diferentes corpos de jurados, compostos por destacados profissionais de toda a região, irão analisar, selecionar e escolher os finalistas e os metais (Ouro, Prata e Bronze) dentre os trabalhos participantes da iberoamérica nas primeiras fases de votação. Em uma segunda fase, todos os Presidentes de cada um dos Prémios escolherão os Gran Ojos de cada prêmio em conjunto e com uma visão diversificada e abrangente. Uma fórmula inovadora e característica da visão integradora que El Ojo promove, uma vez que todos os Grandes Prêmios são definidos graças à contribuição do seleto grupo de presidentes.

Abaixo estão os últimos nomes que irão compor o júri (os 20 brasileiros estão destacados nas listas) e as mensagens dos respectivos presidentes de júri, que os orientarão através do processo de votação:

EL OJO SPORTS

Presidente: Juan Pablo Álvarez, VP Criativo da Ogilvy Colômbia e CCO Ogilvy Andina

JURADOS:

Fábio Wolff – Wolff Sports & Marketing – Brasil

Laura Florence – HAVAS Health & You Brasil – Brasil

César Leite – BULLET – Brasil

Felipe Ribeiro – Wieden+Kennedy Brasil – Brasil

Camilo Carvajal – Publicis Colombia – Colômbia

César Castaño – Media.Monks – Colômbia

Lulu Cuevas – Prana – Paraguai

Jonathan Díaz – ARCO Publicidad – Porto Rico

Rodolfo Gómez – Cielito – Paraguai

Diego Gueler – draftLine Argentina – Argentina

Diana Lora – MullenLowe Interamerica – República Dominicana

Marcelo Lourenco – Coming Soon – Portugal

Iván Mallqui – Potro – Peru

Diego Martínez Casariego – Septiembre – Espanha

Henry Medina – Ogilvy Bolivia – Bolívia

Omar Montaño – Publimark FCB Ecuador – Equador

Quino Oneto Gaona – Di Paola Latina – Chile

Diego Ortíz – DDB Mexico – México

Juan Pablo Peschiera – VALOR SOCIOS – Peru

Diego Sánchez – McCANN Buenos Aires – Argentina

Juan Pablo Álvarez pede aos jurados que se concentrem na análise do trabalho no seu estado mais puro e objetivo. “Não vamos premiar o que está certo, o que é morno, o que já vimos feito antes ou o que é meio cozido. Convido-vos a serem exigentes, a recompensarem o que nos surpreende, o que nos agrada de todo o coração, o que nos provoca e o que nos faz invejar que não o tenhamos feito nós próprios. Vamos recompensar a coragem, o que cheira a novo e o que, na sua opinião, faz avançar a nossa indústria. Precisamos de mais disso hoje”, observou ele. E sobre o El Ojo Sports, ele explica que é uma categoria que está crescendo cada vez mais e salientou que “não só devido à importância que o esporte sempre teve na sociedade, mas também porque talvez não haja nada mais inspirador, apaixonado e democrático. Ainda mais agora, quando tivemos de estar tão calados nos últimos anos”, finaliza.