Auti Books apresenta nova forma de consumir livros

As editoras Intrínseca, Record e Sextante juntaram-se à Bronze Ventures para lançar uma nova plataforma de comercialização de audiobooks: a Auti Books. A ideia surgiu a partir de uma análise do mercado de audiobooks nos Estados Unidos, que apenas no ano de 2017, apresentou um crescimento de 22,7%, representando 6,5% do mercado editorial norte-americano.

Visando incentivar e fortalecer o hábito de leitura no Brasil, a empresa nasce com a missão de acompanhar as tendências da indústria editorial global e ao mesmo tempo permitir aos usuários experimentar, de maneira inovadora, grandes obras da literatura nacional e internacional. Sua vantagem é o uso acessível e remoto, possibilitando um melhor aproveitamento do tempo, seja no transporte, na prática de exercícios ou em conjunto com a família.

“Estamos enfrentando um grave problema cultural de hábito de leitura, e consequentemente, da educação do país, assim a Auti Books chega com a força de algumas das maiores editoras do Brasil, engajadas com a democratização da cultura e a transformação social do país”, ressalta Claudio Gandelman, CEO da Auti Books e sócio da Bronze Ventures.

O catálogo estreia com cerca de 100 livros em diferentes segmentos: ficção, negócios, comportamento, espiritualidade, política e autoajuda. A plataforma está disponível tanto no site quanto no aplicativo, com versões para Android e IOS. A previsão é que até o final de 2019 já haja mais de 500 títulos prontos.

“Ouço áudio livros em inglês há mais de 20 anos, quando ainda eram vendidos em fitas cassete, e adoro escutar títulos de negócio e de autoajuda enquanto caminho ou dirijo. Eles são um ganho enorme em nossa vida e estamos animados em oferecer nossos livros ao público brasileiro. Para isso, investimos em qualidade de locutores, estúdios de gravação, revisão etc,” explica o sócio Tomás da Veiga Pereira, da Editora Sextante.

Os dados positivos também se estendem ao mercado europeu. A sócia Roberta Machado, da Editora Record, ressalta o crescimento do nicho no Reino Unido. “Dos consumidores de livros, 59% escutam audiobooks diariamente, seguidos de ebooks, com 56% de consumo diário”.

Além das editoras sócias, outras empresas do mercado editorial também terão seus livros disponíveis na Auti Books, como é caso da Universo dos Livros e da Companhia das Letras. “Aqui no Brasil as vendas de audiobooks acompanharão o amadurecimento do e-consumidor e os recordes de utilização de smartphones, propiciando a entrada de um novo público, consumidores de livros narrados. Pessoas que pelas mais diversas razões não têm acesso a livros atualmente”, complementa Matinas Suzuki Jr., Diretor da Companhia das Letras.