A R/GA São Paulo, sob a liderança criativa do ECD Saulo Rodrigues, consolida e anuncia reforços ao seu modelo criativo que combina Campanhas & Plataformas. “Um projeto na rua com a magnitude do next, banco Digital do Bradesco, demonstra nosso modelo na prática. Ajudar clientes a inovarem e ao mesmo tempo escalarem com consistência seus negócios com campanhas conectadas é nosso maior propósito”, comenta Saulo.

Simplificar complexidades é um dos features do design thinking. Saulo Rodrigues, ECD (Executive Creative Director) da R/GA, cita a Apple como exemplo prático. Em sua opinião, a marca da maçã não vende hardware e software, mas design. “Se você perguntar para alguém que tem um iphone ‘qual o motivo dele não migrar para um outro sistema?’, a resposta é simples e direta: ‘Não saio porque dá muito trabalho. É muito mais fácil estar na Apple’. O valor é criado pela retenção e não apenas pela aquisição, graças ao design thinking”.

“Design thinking não é sobre criar um belo design, mas é a habilidade de usar o design como uma ferramenta de conexão e integração de todos os touchpoints existentes, criando um ecossistema unificado. Isso é o que acreditamos e vivemos na R/GA e chamamos esse movimento de integração funcional”, ressalta Rodrigues.

A nova realidade não estabelece barreiras entre agência e cliente. É como se fossem uma única empresa. “Essa foi a receita de sucesso para o Next, banco digital do Bradesco, que hoje tem quase 100 mil contas abertas, e um fila de entrada ainda maior. Design thinking é uma cultura e não apenas uma ferramenta. Sabemos que cultura só é possível de ser construída através de pessoas, por isso é importante ter uma composição diversa de talentos em qualquer time que queira se reinventar. Essa é a forma de a agência trabalhar, integrados pela diversidade e não pela igualdade. É a mistura que possibilita transformar business e criar produtos que geram resultados”, diz ainda o ECD da R/GA.

O modelo de integração entre Campanhas & Plataformas tem como objetivo usar criatividade e tecnologia para resolver desafios de negócios que vão além da comunicação e se mostra relevante para clientes que buscam a transformação digital mais ampla de seus negócios. A R/GA monta times diversificados para cada cliente combinando habilidades para cada caso. Assim, pode atender um cliente que precise apenas de consultoria em Business Transformation, apenas de desenvolvimento de produtos digitais, apenas de comunicação, ou de uma combinação de todos esses serviços.

Para reforçar o modelo, a R/GA anuncia a chegada de dois novos Diretores de Criação: Bruno Ponzini, ex Diretor de Criação do Mesa & Cadeira, que agrega um background estratégico para a criação e um novo modelo de colaboração entre agência e clientes; e Andrea Cotrim, ex Diretora Executiva de Criação da Young & Rubicam, que vem para adicionar sua importante experiência em campanhas integradas e tecnologia. Para a área de design de produtos e serviços, a R/GA também recebe Herbert Freitas, ex-Founder da 3-Bits, e Sílvia Melo, ex-Diretora de Criação da Huge.

“O que temos de mais valioso na R/GA é nossa cultura criativa sob uma visão e proposta de valor muito clara. Nessa nova reestruturação tivemos calma para trazer pessoas que realmente compreendem, vibram e poderão contribuir de fato com a evolução dessa cultura”, finaliza Saulo Rodrigues.