Com 185 anos, Mongeral Aegon se moderniza e agora é MAG Seguros

A multinacional Mongeral Aegon completou 185 anos de atuação no mercado de seguros e previdência. Para celebrar a data, a seguradora mais antiga do país realizou, entre os dias 9 e 11, o Magnext 2020, um evento para mais de 2 mil pessoas no Rio de Janeiro, anunciando uma série de novidades, entre elas a mudança do nome para MAG Seguros.

A mudança da marca reflete modernização e inovação da companhia, apesar de seu tradicionalismo. O nome MAG já vinha sendo utilizado como um apelido, criado naturalmente pelos colaboradores como resultado da contração de Mongeral Aegon Group.

Acompanhe a entrevista com Mirella Lavrini, Superintendente de Marca e Comunicação da MAG sobre o atual momento da empresa:

Fale sobre o atual momento da marca no Brasil e no mundo?

A MAG Seguros acabou de completar 185 anos de história no país, com isso nós somos a seguradora mais longeva e isso é importante ativo para nós, principalmente quando nós pensamos em uma empresa que oferece serviços financeiros de longo prazo, como é o caso do seguro de vida e previdência, essa longevidade é algo que realmente importa. Embora nós tenhamos já um reconhecimento pelos nossos clientes, pelos parceiros comerciais e até mesmo formadores de opinião, nós acreditamos que podemos expandir ainda mais o nosso reconhecimento de marca no país, tornando a marca mais simples isso certamente ajudará nesse objetivo. Então hoje essa marca mais simples, nós entendemos que tem condição de contribuir para que a gente aumente o reconhecimento da marca.

Como uma empresa centenária faz para se manter atual, relevante e competitiva?

Internamente nós costumamos brincar que a MAG Seguros é uma jovem senhora, isso porque a companhia investe muito em tecnologia e inovação, e isso de fato é um ativo para nós. Ouça na integra:

O que essa nova marca representa para a empresa?

A nova marca é uma evolução para nós. O grupo Mongeral Aegon vem sempre com essa pegada de evolução ao longo do tempo, de acompanhar a evolução do cenário e das pessoas, e nós entendemos que a mudança da marca é mais um desses momentos. Então dentro de casa, nós já investimos muito em tecnologia e desenvolvimento de produtos de maneira mais ágil e mais atenta ao que o mercado necessita. A mudança das marcas comerciais do grupo quer mostrar para fora isso, e é uma maneira de nós estamos atualizados com que nós vemos acontecendo hoje no mercado, das marcas cada vez mais buscando uma maneira simples e próxima de conversar com seus públicos.

Por que decidiram fazer esse investimento no Brasil?

A MAG Seguros é uma empresa brasileira na sua essência. Nós nascemos aqui no Brasil em 1835 no Rio de Janeiro, no local aonde inclusive ainda hoje é a nossa sede. Ouça na integra:

Como a marca vai se posicionar no mercado?

Nós vamos seguir o nosso mesmo posicionamento, de uma empresa com muito foco no cliente que está sempre atenta às demandas da sociedade para ofertar as melhores soluções. Então nós sempre estamos pesquisando, conversando com os clientes, com os nossos corretores, para entender essas demandas e trazer as melhores soluções. Nós reconhecemos muito os nossos corretores parceiros e os nossos colaboradores em todo o país como peça fundamental para esse posicionamento de marca no mercado, então são eles que vão levar muito fortemente a nossa marca para os clientes e para quem não nos conhece ainda.

Quem será o público-alvo da empresa?

Nós temos no nosso portfólio produtos que atendem a todo tipo de cliente. Então nós temos desde o seguro com baixo capital até produtos voltados para alta renda, isso acontece também com investimentos. A companhia trabalha com pessoa física e pessoa jurídica independente da capacidade que essa pessoa tem de proteção então nós entendemos que a proteção tem que estar à disposição de todos e nós vamos manter essa nossa visão de público-alvo.

7-Como será o trabalho do marketing?

Ouça:

De quais maneiras pretendem falar com o consumidor?

Nós utilizamos uma série de canais para atingir os consumidores finais, dentre eles eu posso citar as redes sociais, o nosso blog, além de termos um trabalho muito forte de relações públicas junto com a imprensa e influenciadores. Nós também trabalhamos com a publicidade em mídia especializada, aqui com mais foco em conversar com os nossos corretores. Temos também um podcast direcionado para eles e outras ferramentas direcionadas para o público corretor e também manter as ações patrocínio realizados pela companhia.

Qual o desafio da marca para conquistar o público?

Ouça: