Parceria da 99 e Estadão cria canal para jornalismo feito por coletivos com conteúdos focados nas periferias

Segundo a pesquisa “Economia das Favelas – Renda e Consumo nas Favelas Brasileiras” (desenvolvida por Data Favela, Locomotiva e Comunidade Door), o Brasil tem 13,6 milhões de pessoas morando em favelas. O dado retrata uma realidade dos brasileiros que vivem diariamente longe dos arranha-céus e das largas avenidas, mesmo nas grandes cidades do país.

Neste contexto, a 99 e o Grupo Estado se unem a coletivos de periferia para criar o Expresso na Perifa, um hub de conteúdo multimídia focado no jornalismo de serviço, no combate às fakes news e abordando temas como empreendedorismo, diversidade, cultura, emprego, segurança, gastronomia, esporte, sempre com o olhar de quem vive e mora nas comunidades e bairros fora do centro expandidos das cidades.

O projeto teve início nesta semana, com o lançamento do site https://www.expressonaperifa.com.br atualizado diariamente, e conta ainda com uma edição impressa mensal distribuída gratuitamente em São Paulo, além de vídeo-reportagens e um podcast semanal. O conteúdo é produzido por comunicadores que integram os coletivos parceiros Embarque no Direito (SP), Favela em Pauta e Perifa Connection (RJ), Lá da Favelinha (MG) e TV Periferia em Foco (PA), além do jornalista premiado Juca Guimarães e de colunistas convidados. Outros parceiros irão contribuir ao longo dos nove meses de duração desta primeira fase do projeto.

“Incentivar o jornalismo de serviço que torna a vida mais fácil, disseminar informação bem apurada e ampliar as diferentes vozes e grupos sociais é um dos compromissos da 99. E por isso criamos o Expresso na Perifa, para ser um veículo de comunicação conectado com o dia a dia das pessoas com conteúdos feitos por quem mora e conhece a vida nas comunidades, nas periferias, nas quebradas. Sabemos que a 99 faz parte da rotina de milhões de pessoas que se deslocam e geram renda pela plataforma todos os dias e poder ser parceira também na promoção do bom jornalismo nos deixa muito orgulhosos e cientes dessa responsabilidade”, explica o gerente sênior de comunicação da 99, Pedro Henrique Oliveira.

De acordo com Luís Fernando Bovo, diretor de conteúdo e operações do Blue Studio Estadão, “é fundamental atender um universo tão amplo quanto este. O objetivo é adaptar conteúdo e linguagem à cultura de quem vive na periferia, trabalhando em conjunto com os coletivos na curadoria e produção dos materiais, o que tornará o processo mais horizontal, inclusivo e plural. Será a voz da comunidade trazendo temas que são importantes para a comunidade.”

A parceria levará os conteúdos do Expresso na Perifa para além das comunidades, fazendo com que as discussões sociais levantadas pelos moradores dessas regiões sejam ouvidas e divulgadas em larga escala. Para editar o projeto, foi convidada a jornalista Helaine Martins, especialista em conteúdo com impacto social e que, desde 2005, está à frente do Entreviste um Negro, plataforma que pretende amplificar o debate sobre a importância de se fazer um jornalismo plural e antirracista.

“Eu sempre acreditei muito no jornalismo e, para mim, nada potencializa mais o seu poder transformador que abrir espaço para novas narrativas. O Expresso Na Perifa, construído lado a lado com comunicadores que vivem e conhecem as realidades periféricas do país, representa o desejo e compromisso de romper com a ideia diariamente reforçada de uma periferia estereotipada, estigmatizada, com uma história única”, afirma Helaine.