AgroMais traz 24 horas de agroinformação

A Newco PayTV lança o AgroMais nesta segunda-feira, dia 22 de junho. O canal conta com 100% de programação dedicada à agroinformação. Com sede em Brasília, no Distrito Federal, a redação e os estúdios foram construídos no principal centro político do país e estão interligados as principais capitais agrícolas do Brasil e do mundo.

Apresentado por um time de jornalistas especializados e comentaristas entre os mais renomados de cada setor, o AgroMais nasce com parcerias importantes como CNA/Senar, Embrapa, IPA, Sebrae e a consultoria Datagro, uma das mais influentes do mundo. O novo canal se posiciona como veículo de referência em jornalismo agro, seguindo modelo bem-sucedido do BandNews TV, BandSports, Terraviva, Arte1 e Smithsonian Channel, tudo isso em parceria com o jornalismo da Band e sob a gestão da Newco PayTV.

“O potencial do agro brasileiro é sem dúvida um dos mais vastos em todo o horizonte da nossa economia. Isso porque o Brasil tem espaço, tem Terra, tem sol, tem água e, sobretudo, tem tecnologia, tem o knowhow. Por isso, tem muito potencial ainda para crescer, porém, este é um segmento que demanda conhecimento. Isto é, não é uma oportunidade para aventureiros. É preciso conhecer o segmento, e o AgroMais tem o melhor time de comentaristas jornalistas para fazer esse acompanhamento de um setor que é fundamental para economia nacional”, diz o diretor-executivo do canal, Marcello D’Angelo.

A grade conta, às 6h, com o Agronotícias, um telejornal com informações essenciais para começar o dia. Em seguida, às 7h, entra no ar De Olho no Clima, programa de boletins meteorológicos especializados para cada tipo de safra. A programação segue com Agenda Brasil, que trará a maior cobertura dos bastidores do poder.

Agromanhã, Agrodebate, Agronoite e Madrugada Agro são outros pilares dessa grade intercalada por telejornais e que prioriza a agroinformação 24 horas do dia. Programas de educação a distância e dedicados à tecnologia e startups feitos por parceiros renomados no setor educacional e profissionalizante completam a programação.