Vera Egito é convidada para laboratório do Festival de Berlim

A diretora de cena Vera Egito, da Paranoid, é uma das dez convidadas para participar do projeto Script Stations, iniciativa que compõe o encontro anual e a plataforma Berlinale Talents do Berlin International Film Festival. O laboratório elege roteiros de cineastas do mundo todo para serem analisados por diversos profissionais especializados em produção e cinema.

Para o evento, Vera – que foi selecionada entre 2.600 nomes de 118 países – apresentará o longa-metragem Sahar, seu mais novo projeto, ainda em fase de desenvolvimento, que contará a história de uma jovem iraniana que fugiu da repressão de sua família para tentar uma nova vida em São Paulo. Durante o Script Station, os profissionais participarão de workshops, palestras e debates, além de contarem com um mentor para auxiliar no desenvolvimento do roteiro de seus filmes, desde o ponto de vista conceitual, passando pela estrutura da história e questões criativas. Vera Egito embarca para o laboratório com o primeiro tratamento de Sahar.

A academia acontece paralelamente ao Festival de Berlim, uma das principais plataformas do cinema europeu, que está em sua 66º edição e acontece entre os dias 12 e 18 de fevereiro. Muitos dos projetos que passaram pelo Script Stations já foram selecionados para serem exibidos no festival nos anos posteriores.