Pródigo anuncia a Mariana Borga como nova diretora de cena

Depois de 17 anos de uma carreira bem-sucedida e premiada como redatora e diretora de criação, Mariana Borga deixa as agências para se tornar diretora de cena da Pródigo. A mudança acontece alguns meses depois de sua estreia na nova função, quando codirigiu a campanha de Uber “Pequenos Grandes Acontecimentos da Atualidade”, com André Godoi, sócio e diretor da Pródigo. Relembre:

“Dirigimos juntos aquela campanha, porque eu sabia que a Borga tinha esse desejo antigo e a convidei. Daquele trabalho para a Pródigo foi um pulo. Agora, fico feliz que ela tenha feito um filme autoral, com uma linguagem original e focada na direção de atores e não atores”, diz Godoi.

Mariana tem formação em artes cênicas e já chegou a se apresentar como atriz em espetáculos em São Paulo. Por isso, reforça que seu interesse na direção também passa por aí: “Como diretora de criação e também atriz amadora, sempre que acompanhava os sets de filmagem me via com vontade de trocar com o ator. Eu acho que essa produção, que é para o universo da moda, mas que foge do padrão de fashion film, foi um ótimo lugar para exercitar isso”.

O filme em questão foi criado para a coleção Fuxico, da marca de design e moda Misci, e foi lançado em seu desfile na SPFW no último dia 19 de novembro.

Ele conta a história de um bicheiro, interpretado por Thomás Aquino (Bacurau e Manhãs de Setembro), que se depara com a oportunidade de embarcar em um sonho antigo, ligado ao universo da moda.

Borga complementa que neste trabalho ela pôde exercer muito do que aprendeu em sua carreira em agências e do que sempre admirou em um diretor de cena, que é o trabalho colaborativo. “A Misci chegou até mim pelo Bruno Oppido – meu parceiro de longa data e que assina a direção de arte desse projeto – com apenas uma ideia inicial e essa trilha maravilhosa do Bonde do Forró. Mas foram muito receptivos às propostas que eu fazia, como a sugestão do Thomás para o personagem principal e esse universo surreal que criamos para o filme”.