Greenpeace é inspiração para coprodução inédita de série de ficção

Marcos Nisti e Estela Renner no set de "Aruanas"/ Maria Farinha Filmes, Globoplay

Greenpeace é inspiração para coprodução inédita de série de ficção internacional.

“Esperanza”, criada e escrita pela dupla Estela Renner e Marcos Nisti, e que será dirigida por Fernando Meirelles, é livremente inspirada nos desafios vividos por ativistas ambientais em todo o mundo.

A Participant, produtora californiana comprometida em produzir entretenimento misturando arte e ativismo com temas socialmente relevantes, com mais de 100 filmes indicados à 82 Academy Award (Oscar) e 19 premiações, e a Maria Farinha Filmes, maior produtora de entretenimento de impacto na América Latina, irão coproduzir a série “Esperanza”. A saga de ficção acompanha a corrida contra o tempo de um grupo de ativistas ambientais em suas ações pelo mundo.

“Esperanza”, livremente inspirada em ações do Greenpeace, foi criada e escrita pelos mesmos autores de Aruanas – Estela Renner e Marcos Nisti – que são os showrunners do projeto, ao lado de Fernando Meirelles – diretor reconhecido internacionalmente por filmes como “Cidade de Deus”, “O Jardineiro Fiel” e “Dois Papas” – que também será responsável por dirigir alguns dos episódios. “Somos fãs do trabalho artístico e ambiental do Fernando há anos, explodimos de alegria quando ele aceitou nosso convite” comentam Estela e Marcos.

Esta é a primeira vez que a Participant trabalha em coprodução com uma produtora brasileira. O projeto está em fase de desenvolvimento.

“A Maria Farinha Filmes é uma parceira natural para a Participant, dividindo a missão pela real busca de mudança através de conteúdos de qualidade. Com nossa experiência coletiva, estou confiante que Esperanza irá cativar as audiências enquanto jogamos luz nas lutas dos ativistas e aos grandes problemas que eles enfrentam”, finaliza Miura Kite, Vice-presidente Senior de Global Television da Participant.