Corazon traz novos talentos para casting de direção

A Corazon Filmes apresenta novos talentos entre seus diretores. Dando continuidade ao posicionamento que segue desde seu nascimento, reunindo profissionais de grande potencial criativo, diferentes expertises e linguagens, a produtora passa a contar com a dupla Daisies e com Marioo em seu casting.

Formada pela diretora de cena Sabrina Duarte e pela diretora de fotografia Milena Seta, Daisies é conhecida por apresentar em seu portfólio trabalhos com narrativas sensíveis, instigantes e de cunho social. Nele estão trabalhos recentes de publicidade para marcas como Nike, O Boticário, Samsung, Natura, Netflix, C&A, Casa Vogue, Elle e C&A, além de clipes para artistas como Liniker & Os Caramelows e Linn da Quebrada.

Já Mario Cezar, o Marioo, atua como diretor e fotógrafo, trazendo como característica de seus filmes a exploração e experimentação das cores, em roteiros que vão do moderno ao surreal. O profissional começou sua carreira fotografando shows musicais e, recentemente, assinou trabalhos para artistas como Manu Gavassi, Giulia Be, Dubdogs e Froid. Na publicidade, apresenta no portfólio campanhas para Pic Pay, Submarino, Netflix e Anacapri, entre outros anunciantes.

“Desde começamos a Corazon, em 2016, investimos em novos talentos que demonstrem não só enorme potencial na arte e na produção, mas também que tragam em seu trabalho formatos, linguagens ou estéticas inovadoras. E estamos em um momento em que esses elementos são ainda mais fundamentais para quem precisa atuar de forma mais leve, dinâmica e adaptável, garantindo que as grandes ideias se tornem grandes filmes”, destaca Igor Ferreira, sócio e CEO da Corazon Filmes. “Com Deisies e Marioo no time, somados aos nossos outros talentos, certamente garantimos essa diversidade artística e de entregas para os mais diferentes clientes e desafios de produção”, complementa Renato Chabuh, sócio e diretor executivo da Corazon.

Os novos diretores se unem a um casting que traz ainda nomes como Bruno Shintate, Rica Sampaio e Pedro de la Fuente.