Canvas Audiovisuais traz a dupla colombiana Nueve Voltios ao Festival

Festival de arte e tecnologia Canvas Audiovisuais Foto: Bia Ferrer

Festival de arte e tecnologia Canvas Audiovisuais traz a dupla colombiana Nueve Voltios para seu line-up.

Evento ocorre nos dias 6 e 7 de agosto, no Galpão CRU, na Barra Funda, e, além dos seis shows inéditos com artistas renomados da tech art, conta com quatro instalações artísticas.

Nos dias 6 e 7 de agosto, acontece em São Paulo mais uma edição do Canvas Audiovisuais, um dos mais importantes festivais de arte e tecnologia do país. Esta edição reúne artistas da tech art celebrados internacionalmente, como a dupla colombiana Nueve Voltios – que se apresenta no domingo – e o brasileiro 1mpar (Henrique Roscoe) – no sábado, num total de seis shows e quatros instalações artísticas. O evento propõe aos visitantes experiências imersivas de audiovisual expandido utilizando como telas as enormes paredes do Galpão CRU, no bairro paulistano da Barra Funda.

Os artistas audiovisuais unem música, projeções, tecnologia e uma infinidade de ferramentas digitais e analógicas para reverberar sua arte por meio do som e do vídeo, criando experiências únicas para um público intergeracional. Um recorte artístico que não se limita à disparidade de idade que já é tradição e parte do propósito do Canvas Audiovisuais.

Felipe Brait, o idealizador e curador, explica um pouco mais sobre a essência do festival. “O Canvas prima pela diversidade e o ineditismo, trazendo um cruzamento interseccional de linguagens dentro do campo expandido e ilimitado da tech art. Por isso é possível perceber, a cada edição, a evolução de como arte e tecnologia interagem e impactam o público estimulando todos os seus sentidos”.

“Como sempre, teremos um final de semana imerso em culturas globais e um line-up composto apenas por grandes artistas que terão a oportunidade de apresentarem seus projetos pela primeira vez na maior cidade da América Latina”, acrescenta o organizador do evento.

Além dos shows, quem estiver no festival ainda poderá interagir com quatro projetos artísticos que desenvolvem obras inseridas no espaço, transitando entre a videoinstalação, o laser reativo e o vídeomapping. Essas instalações foram elaboradas com os artistas Achiles Luciano, Bianca Turner, VJ Bretas e pela colab entre Paulinho Fluxus e Gustavo Milward.

O Canvas Audiovisuais ainda cumpre um importante papel social ao disponibilizar o Ticket Diversidade, que garante ingressos unitários gratuitos para aquisições antecipadas voltadas ao público Trans, Queer e Não-binaries.

Um line-up de shows inéditos

No sábado, 6, Henrique Roscoe, também conhecido como 1mpar, comanda a noite com sua performance “Pulsar”. Além dele, se apresentam na data a colab formada por Raquel Krugel e VJ Não Consta, além do coletivo Embolex.

Já no domingo, 7, a dupla colombiana Nueve Voltios é quem dita o ritmo do festival, por meio da sua performance “Domosfera”. Assim como os artistas internacionais, nesse dia se apresentam outras duas colabs, a primeira formada por Sandra-X e VJ LUV e em seguida, Ascalapha e VJ Carol Santana encerram o evento.

Em ambos os dias o Canvas Audiovisuais abre os portões às 19h, com o início dos shows programado para 20h30. Cada apresentação terá duração de cerca de 40 minutos, com intervalos de 10 minutos entre cada elas.

Os ingressos já estão disponibilizados via Sympla, com valores entre 40$ (unitário) e 70$ (cota dupla), além do Ticket Diversidade. No dia do festival será possível fazer a compra na porta apenas do ingresso unitário por 60$ para o público em geral.

Serviço

CANVAS AUDIOVISUAIS

Local:

Galpão CRU, Rua Cruzeiro, 802 – Barra Funda, São Paulo/SP

– Sábado 06/08

Abertura do espaço 19h

Início dos shows – 20:30h

Projeto HOL by 1mpar – performance “Pulsar”

Raquel Krugel + VJ Não Consta

EMBOLEX + convidados

– Domingo 07/08

Abertura do espaço 19h

Início dos shows – 20:30h

Nueve Voltios (Colombia) – performance “Domosfera”

Sandra-X + VJ LUV

Ascalapha (Retrigger) + VJ Carol Santana

Preços:

Ingressos unitários antecipados – R$ 40

Cota dupla – R$ 70

Na porta (apenas unitário) – R$ 60

Ticket Diversidade – gratuito para compras antecipadas voltado ao público Trans, Queer e Não-binaries

Link Sympla:

https://www.sympla.com.br/evento/canvas-audiovisuais/1656043?lang=PT

Apoio Cultural:

ON Projeções

Redes sociais:

https://www.instagram.com/canvas_av/

https://web.facebook.com/canvasaudiovisuais

Artístico

– 1mpar/Henrique Roscoe

Atuando como VJ há quase 20 anos, Henrique Roscoe, também conhecido como 1mpar, é um artista audiovisual completo. Cada um de seus projetos possui um conceito próprio e utiliza diversas ferramentas, podendo ser instrumentos musicais, computadores e outras, sendo digitais ou analógicas. Nessa edição, sua performance é guiada pelo sistema audiovisual HOL, elaborada pelo próprio artista e da estrutura sistêmica para suas apresentações.

– Raquel Krugel

A Sound Designer e produtora musical, Raquel Krugel, possui produções sonoras que envolvem elementos de dark synths e beats imprevisíveis. Seu trabalho se alinha de forma descompassada e torta, o que constrói texturas em uma outra forma melódica, sem grid definido.

– VJ Não Consta

Tendo o artista Pedro Brandão por trás do VJ Não Consta, esse projeto une tanto música quanto artes visuais em sua composição. Em cada evento é apresentado um tema diferente, visando sempre levar ao público uma experiência nova.

– Embolex

O coletivo audiovisual de São Paulo/SP, Embolex, conta com performances oriundas de processos colaborativos para recriar sons e imagens. Com manipulações digitais, tem como objetivo expressar o que se denomina como cultura de remix e do sampling.

– Nueve Voltios

O Nueve Voltios é uma dupla internacional formada por Mache (cantor, artista sonoro e designer industrial) e Leo González (arquiteto, videoartista e VJ). Os artistas intervêm em espaços transversais, com propostas cénicas que englobam tecnologia, vídeo, música, cinema, arquitetura e performance, criando peças audiovisuais com temáticas relacionadas a telecomunicações, poéticas espaciais e fenómenos sociais contemporâneos.

– Sandra-X

Com 35 anos de carreira, Sandra-X é cantora, compositora e performer. Ela realiza instalações sonoras e audiovisuais, faz trilhas sonoras para diferentes linguagens cênicas e durante sua trajetória colabora na formação vocal e corporal de outros artistas.

– VJ Luv

A artista Luiza Bicalho Viana, conhecida como VJ Luv, é Diretora Criativa do MOV Digital Festival e faz parte do Coletivo Multimanas. Sua inspiração é definida como fruto de uma mente inquieta e as vezes confusa, o que a levou a fazer parte do time criativo do Converse All Stars worldwide program.

– Ascalapha/Retrigger

Idealizado pelo artista Raul Costa, o projeto Ascalapha vai em busca de um otimismo pós-apocalíptico após 20 anos como Retrigger. Possui graves poderosos, percussão fraturada, síntese digital e experimentalismo em seu conceito.

– VJ Carol Santana

A artista visual carioca Carol Santana é especializada na Criação de Conteúdos Digitais, Video Mapping, VJing e Intervenções Urbanas com Projeção em larga escala. Ela busca conectar o universo palpável ao digital, misturando ilustrações, pinturas, fotografias, filmagens às suas criações.

– Achiles Luciano

Artista visual desde 1993, Achives Luciano desenvolve trabalhos autorais, atuando em eventos culturais, corporativos, editoriais e publicitários. Em paralelo faz parte dos coletivos Casadalapa e CIA Treme Terra.

– Bianca Turner

A artista multimídia Bianca Turner tem em sua pesquisa o conceito sobre a subjetividade da memória. Ela produz conteúdos de audiovisual e vídeo-mapping, além de também atuar como diretora de arte e vídeo projeção.

– Paulinho Fluxus

Artista, ativista, laserman.

Paulinho Fluxus tem uma trajetória artística multidisciplinar, transitando entre diversas operações artísticas como light design, light art, intervenção urbana e ativismo, é responsável por cenários e intervenções visuais em diversas festas no Brasil e na Europa.

– Gustavo Milward

O artista Gustavo Milward também é tecnólogo, criador de conteúdo 3D e educador em formação. Suas criações visam a unicidade e a interatividade, proporcionando perspectivas intimistas, tornando a subjetividade individual parte da obra.

– VJ Bretas

Guilherme Bretas é Artista Visual, VJ e graduando em Arquitetura. Através de seu trabalho, usa novas tecnologias como ferramentas para intervir em espaços urbanos e promover discussões sobre temas relacionados à política, história e ao meio-ambiente.