Dia da Cerveja: Consumo da bebida fora do lar se aproxima dos níveis pré-pandemia

Dia da Cerveja: Consumo da bebida fora do lar se aproxima dos níveis pré-pandemia no Brasil.

Número de consumidores cresce em relação ao pré-pandemia: 3 milhões a mais.

O mercado de cerveja mostra sinais de forte recuperação, com o consumo fora do lar aquecido.

Segundo dados do novo relatório Consumer Insights da Kantar, líder global em dados, insights e consultoria, o 1o semestre deste ano registrou um crescimento de 23,8% de unidades da bebida vendidas em relação ao mesmo período de 2021, ficando apenas 2,9% abaixo do mesmo intervalo de 2020.

O valor com as vendas de cerveja no semestre ficou 28% maior do que em 2021 e 4,8% maior do que em 2020, o que pode ser explicado pelo aumento do preço da bebida no intervalo, 7,8% a mais desde 2020.

O Brasil apresenta hoje 2.3 milhões a mais de consumidores de cerveja fora do lar do que no 2º trimestre de 2021, e 3.1 milhões a mais do que no mesmo período de 2020, período pré-pandemia.

A frequência de consumo fora do lar no 1o trimestre deste ano cresceu expressivos 78% em relação a 2021, quando ainda vivíamos o isolamento social, e está 14% abaixo do período pré-pandemia. Fatores como preços altos e segurança para socializar ainda impactam o consumo fora do lar, mas a tendência é de recuperação. O estudo LinkQ Covid-19 da Kantar, feito em março deste ano, mostrou que 61% dos brasileiros declaram sair apenas para atividades essenciais.

O relatório trimestral Consumer Insights da Kantar contempla 3.200 consumidores nas principais regiões e classes sociais do país. A amostra representa 47 milhões de pessoas no Brasil.