AMPRO alerta agências sobre vigência das punições da LGPD

A AMPRO – Associação de Marketing Promocional / Live Marketing iniciou, nesta semana, uma ação de conscientização dirigida a agências e profissionais do Live Marketing sobre a vigência das punições para as empresas que descumprirem a LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados. A partir de 1º de agosto, a multa para empresas que não respeitarem a nova legislação pode chegar a R$ 50 milhões.

Faz parte da ação da AMPRO a disponibilização do Guia de boas práticas para cumprimento da Lei Geral de Proteção de Dados pessoais pelas agências, realizado em parceria com o FAS Advogados. O objetivo do material é levar ao mercado de Live Marketing e Comunicação explicações rápidas sobre a LGPD e um passo a passo simplificado de como cada empresa deve aplicar as regras da LGPD no seu dia a dia.

“Desde o dia 1º de agosto, todos os envolvidos – cliente-agência-fornecedores – em determinada ação que não sigam estritamente a lei, podem ser implicados”, lembra o presidente executivo da AMPRO, Alexis Pagliarini.

Neste início, a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) afirmou que irá adotar postura mais didática do que punitiva, no sentido de encaminhar um modelo de regulação responsiva, para que as medidas punitivas sejam a última alternativa. “É o momento de tirar todas as dúvidas que ainda restaram, para evitar a implicação das medidas mais extremas”, afirma Pagliarini.