Grupo Objetiva apresenta novo Diretor de Criação

Somando mais de 20 anos de experiência como redator publicitário, Maurício Oliveira chega à agência para somar na área de publicidade e coordenar todos os projetos e equipe. Há 10 anos consolidado no mercado, o Grupo Objetiva é reconhecido principalmente pelo seu trabalho em assessoria de imprensa e relações públicas. Agora, Maurício assume o posto de Diretor de Criação da Objetiva Comunicação com a missão de replicar o mesmo sucesso das outras áreas na publicidade e marketing digital.

“Hoje, mais do que nunca, as empresas sabem que precisam profissionalizar suas estratégias digitais, se reinventarem e prepararem seu terreno para o mundo pós pandemia, pois precisam manter a conversa e o relacionamento com os clientes além do espaço físico. E eu estou honrado com o convite e extremamente motivado por esse novo desafio”, afirma o profissional.

Formado em Comunicação Social, com habilitação em Publicidade e Propaganda, pela Universidade Católica de Brasília, e com especialização em Creative Copywriting pela Miami Ad School, nos Estados Unidos, o profissional já trabalhou em agências em Brasília, São Paulo e Miami, entre elas grandes nomes como Propeg, Artplan, Lowe Lintas & Partners, Master Publicidade, Avalanche SP e Promus Advertising.

Maurício acumula uma série de trabalhos premiados no Festival IberoAmericano de Publicidade – FIAP, Prêmio Abril, Revista Archive, Prêmio Voto Popular da Revista About e Colunistas Brasil. Entre os clientes para os quais já trabalhou estão os Correios, SEDEX, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Embratur, SECOM/PR, GDF, Ministério da Saúde, Ministério das Cidades, SAFERNET, VODOL, ONU, WWF, Laboratório Sabin, Park Shopping, Le Coq Sportif, Jornal Gazeta Mercantil, vacinas Vallée e Revista Seleções Reader’s Digest.

Para Thiago, a chegada de Maurício tende a reestruturar, dar sustentação e acelerar o processo de expansão do grupo. “Além da expertise técnica em publicidade e marketing digital, ele traz uma bagagem muito forte de atuação em grandes agências. E se antes as empresas já se preparavam para transformações drásticas por causa da tecnologia, o coronavírus acelerou ainda mais esse processo”, conclui. O uso de veículos online será ainda mais acelerado daqui para frente.