Agência Brancozulu cria para a categoria de certificação digital

Quem já não passou por algum tipo de fraude no ambiente digital? Ou tem um amigo próximo que já tenha passado por isso? Infelizmente, a falta de proteção de dados e insegurança neste ambiente são temas que afetam a realidade do Brasil e do mundo. E se tornaram ainda mais relevantes com a pandemia.

Golpes, tentativas de fraudes e muitas práticas ilegais são constantemente aprimoradas pelos criminosos na web, que buscam confundir os internautas, causando prejuízos nada virtuais.

Com essa preocupação, a AARB (Associação das Autoridades de Registro do Brasil), a ATID (Associação Brasileira de Tecnologia e Identificação Digital) e a ANCD (Associação Nacional de Certificação Digital), que são associações que representam a quase totalidade da indústria de certificação digital no Brasil, acabam de criar o Movimento Cidadão Digital Seguro.

O intuito do movimento é abrir os olhos dos cidadãos, cada vez mais cibernéticos, para que busquem alternativas mais segura para suas transações online. E, é claro, vem também coroar os 20 anos da certificação digital ICP-Brasil.

“O Certificado Digital é fundamental para a segurança dos usuários da web. Hoje, é a única ferramenta com plena validade jurídica”, conta Glauco Ciasca, Sócio Diretor de Criação e Estratégia da Brancozulu, que atendeu, por mais de 9 anos, a conta de uma das maiores certificadoras do país.

“A certificação digital é um Brasil que deu certo, tendo como resultado milhões de transações eletrônicas asseguradas com a tecnologia ICP-Brasil. Em tempos quando a sociedade foi obrigada a ser mais virtual, a certificação digital garantiu a internautas no país a possibilidade de interagir eletronicamente como se presentes estivessem. A ICP-Brasil é a chancela de uma sociedade digital e segura”, comenta Edmar Araújo- Presidente AARB. Já para Samara Correia, assessora de Comunicação da ANCD, a campanha chega em um bom momento: “Leva à sociedade informações sobre a importância da identificação segura no ambiente digital, tema de relevância no momento de forte digitalização que vivemos. Além disso, celebra os 20 anos da ICP-Brasil, tecnologia nacional, robusta, segura e que segue sendo a melhor opção quando falamos em identificação e assinatura digital.”

A campanha conta com um filme para TV e, é claro, diversos formatos para mídia digital, além de site e outras peças para divulgação. “O movimento era um grande sonho das entidades para a categoria, que completa 20 anos de história e sucesso. A

Brancozulu veio somar sua experiência e nos ajudar a tangilibilizar e dar voz ao movimento”, diz Francimara T. G. Viotti – Presidente Executiva da ATID.

FICHA TÉCNICA

Anunciantes: AARB (Associação das Autoridades de Registro do Brasil), ATID (Associação Brasileira de Tecnologia e Identificação Digital) e ANCD (Associação Nacional de Certificação Digital)

Patrocinadores: Certisign, Soluti, Safe Web, Digital Sign

Título: Movimento Cidadão Digital Seguro

Duração: 30’’

Criação: Marília Abrão, Cleber Seiti, Marcos Rafael Artissian

Diretor de criação: Glauco Ciasca

Atendimento: Larissa Felpa e Raquel de Souza

Diretor de operações: Matheus Iaconelli

Mídia: João Harper e Alan Yulon

Produtora Executiva agência: Mariana Augusto

Produtora: Atrás da Moita Filmes

Diretores: Victor Hugo Simões e Jéssica Modono