sábado, junho 22, 2024
Programa Grandes Nomes da Propaganda no canal Markket
InícioDestaquesPaulo Moreti traz artigo sobre Tempo pra sua marca pessoal

Paulo Moreti traz artigo sobre Tempo pra sua marca pessoal

Deixa eu te contar uma coisa!

Todos vivemos no mundo acelerado dos negócios, muitos profissionais, especialmente aqueles em cargos de liderança, sentem que não têm tempo para nada a não ser trazer os resultados para o qual foi contratado e muito mesmo tem tempo para desenvolver sua marca pessoal. E é aí onde está o maior erro estratégico da carreira deles, negligenciar essa importante tarefa pode ter consequências negativas significativas. Vou levantar aqui alguns pontos negativos que surgem ao não investir em sua marca pessoal e também apresentar um case para ilustrar esses desafios.

Bom vamos lá! Aqui estão 5 pontos negativos que surgem ao não desenvolver a Marca Pessoal

1.    Perda de oportunidades de carreira

Sem uma marca pessoal forte, você pode perder oportunidades valiosas. Os recrutadores e líderes empresariais frequentemente procuram profissionais com uma presença de marca bem definida, pois isso demonstra clareza, confiança e liderança.

1.    Falta de diferenciação

Em um mercado “comoditizado” como costumo dizer, onde os profissionais estão entregando currículos iguais, habilidades iguais, destacar-se é crucial. Uma marca pessoal forte ajuda a diferenciar você dos seus pares, tornando-o uma escolha preferida para promoções, novos projetos e oportunidades de networking.

1.    Redução de credibilidade e autoridade

Desenvolver uma marca pessoal de forma estratégica e assertiva, envolve compartilhar, no e offline, conhecimentos e experiências, pois sem isso, pode ser difícil ser visto como um especialista ou líder de pensamento em sua área de atuação ou em seu mercado, o que pode limitar sua influência e capacidade de liderar mudanças.

1.    Menor visibilidade

Já dizia a frase: “Quem não é visto, não é lembrado”. Profissionais com marcas pessoais bem desenvolvidas tendem a ter maior visibilidade tanto online quanto offline. Isso pode resultar em convites para palestras, participação em painéis de discussão, consultorias, mentorias e outras oportunidades que aumentam seu perfil profissional.

1.    Impacto na reputação

O não ser visto, leva ao anonimato, que não evidencia quem você é e principalmente o que faz. A ausência de uma marca pessoal clara pode levar a percepções errôneas sobre suas habilidades e valores. Manter uma presença ativa e intencional ajuda a moldar como você é percebido por pares, colaboradores, clientes, empresa e o mercado em geral.

Mas afinal Paulo, que não é saudável não desenvolver a minha marca pessoal eu já entendi, mas dá para ver isso na prática?

Vamos lá! Vamos de case, com nome e cargos fictícios é claro, afinal um dos meus pilares é a confiança (confidencialidade)

Case: Silvio, o CEO Invisível

Silvio, um CEO talentoso de uma empresa de tecnologia, sempre acreditou que seus resultados falariam por si. Ele era competente e suas habilidades técnicas eram indiscutíveis. No entanto, Silvio negligenciou a importância de cultivar sua marca pessoal. Ele raramente participava de conferências, evitava redes sociais profissionais, as quais achava desnecessário e não investia tempo em compartilhar seus insights.

Com o tempo, a empresa de Silvio começou a enfrentar dificuldades para atrair novos talentos e parceiros estratégicos. Enquanto seus concorrentes, cujos CEOs eram figuras públicas reconhecidas, prosperavam, a empresa de Silvio lutava para manter sua posição no mercado. A falta de uma presença de marca pessoal de Silvio significava que poucos fora de sua organização conheciam sua visão e liderança.

Eventualmente, os investidores começaram a questionar a capacidade de Silvio de liderar a empresa para a próxima fase de crescimento. Sem uma marca pessoal forte para apoiá-lo, Silvio foi substituído por um CEO com uma presença mais visível e uma marca pessoal bem definida.

Hoje Silvio aprendeu a importância do desenvolvimento e manutenção de sua marca pessoal de forma estratégica e se reposicionou no mercado com um posicionamento claro, objetivo e alinhado com seus objetivos futuros.

Com certeza você deve conhecer algum profissional como Silvio não é?

Desenvolver sua marca pessoal não é apenas uma tarefa opcional, mas uma necessidade estratégica para o sucesso profissional a longo prazo. Como o case de Silvio demonstra, a falta de tempo investido na construção de uma marca pessoal pode resultar em oportunidades perdidas e impactos negativos significativos. Portanto, reservar tempo para trabalhar em sua marca pessoal é um investimento essencial que pode abrir portas, diferenciar você de seus pares e fortalecer sua carreira.

www.paulomoreti.com

Artigos relacionados

Novidades