Hughes cria ação de branding para comemorar dois anos de sua unidade no Brasil

Para comemorar dois anos de lançamento no Brasil de sua unidade de negócios residenciais com o serviço HughesNet, internet banda larga via satélite, além da ampliação da área de cobertura com um novo satélite, a Hughes ccriou uma ação de branding.

A HughesNet desenhou um agroglifo com o símbolo do Wi-Fi em uma plantação de aveia em Piraí do Sul, no interior do Paraná.  Agroglifos -também conhecidos como Crop Circles ou Crop Signs -, são marcas desenhadas em plantações, e foram popularizados na Inglaterra na década de 1970 e, muitas vezes, a origem desses desenhos é atribuída a causas sobrenaturais.

Segundo Humberto Grote, diretor de vendas e marketing da Hughes do Brasil, o objetivo foi despertar a curiosidade das pessoas e, assim, chamar a atenção para as mensagens da ação. “A Hughes ampliará a cobertura de seu serviço de internet via satélite HughesNet para 90% da população brasileira, e nosso principal foco continua sendo a área rural. Para comemorar esse feito, surgiu a ideia do agroglifo. Apostamos no fator surpresa para impactar a população, e deu certo”.

Para realizar essa ação, a Hughes contratou a Catalunya Filmes, que ficou responsável por desenhar na plantação o símbolo do Wi-Fi e registrar a produção em um filme que será veiculado na internet. Para manter o mistério, o desenho foi feito durante a madrugada, entre segunda-feira (13) e terça-feira (14).

Para aumentar a repercussão da iniciativa, uma edição do jornal Folha do Campo, criado pela empresa especialmente para esta ação, foi enviada a jornalistas e influenciadores apenas com a capa impressa e um ramo de aveia da plantação do desenho estava entre as páginas em branco dessa primeira versão.

“Quisemos gerar um mistério em torno do desenho enquanto filmávamos as cenas internas em uma locação na mesma fazenda. Além da versão impressa, criamos um site do jornal com mais informações, como o endereço da fazenda e comparação com outros agroglifos que já apareceram no Brasil”, explica Marcelo Juliato, gerente de comunicação da Hughes.

Os jornalistas e influenciadores que receberam o jornal impresso iniciaram a discussão da ação de marketing, mas outra corrente passou a questionar a origem do desenho. “As pessoas começaram a divulgar uma foto nas redes sociais, aumentando o alcance da ação”, comenta Rodrigo Cavalieri, head de marketing da Hughes. “Foi uma ação de engajamento que todos nós adoramos ter colocado em prática”. A coordenação da campanha de comunicação com jornalistas e influenciadores foi feita pela agência RP1 Comunicação.

A criação do desenho na plantação foi um trabalho complexo que envolveu uma série de profissionais “Contratamos um topógrafo e conversamos com agrônomos para nos ajudar a entender a dinâmica da plantação e a melhor forma de criar o desenho, e com um complicador: como fazê-lo durante a madrugada para que as pessoas não vissem a equipe trabalhando”, complementa Caio Bocuti, sócio e produtor executivo da Catalunya Filmes.

A revelação da origem do sinal de Wi-Fi no campo ocorreu no sábado, dia 18, e contou com voo cativo de balão para permitir aos visitantes observarem a figura do alto. Outro ponto importante foi a escolha do local. “A plantação utilizada para a ação é composta de uma aveia que prepara o solo para o futuro plantio. Dessa forma nenhum alimento foi desperdiçado nessa ação”, explica Bocuti.

Todo o conteúdo da ação, quando pronto, será disponibilizado no site: folhadocampo.com.br, que permanece atualizado com os releases para a imprensa, inclusive as fotos do evento e making-of.