Unilever Brasil apoia iniciativas para fomentar atuação sustentável

Pautada uma atuação cada vez mais sustentável, focada em reduzir o impacto ambiental e aumentar o impacto positivo na sociedade, a Unilever Brasil se une a diferentes iniciativas em prol do meio ambiente. Dentre as adesões, a companhia acaba de anunciar apoio à Coalizão Cidades pela Água, iniciativa da TNC (The Nature Conservancy).

“Para a Unilever ser sustentável não é uma opção, é a única forma de fazer negócio e de garantir um futuro melhor para todos. Por isso, fazemos questão de apoiar iniciativas que agreguem aos nossos objetivos e que nos ajudem a alcançar as metas do nosso plano de sustentabilidade”, explica Fernando Fernandez, presidente da Unilever Brasil.

A Coalizão Cidades pela Água, da TNC (The Nature Conservancy), tem como objetivo elevar o nível de segurança hídrica de mais de 60 milhões de brasileiros, em 12 regiões metropolitanas incluindo municípios nas quais a Unilever Brasil tem fábricas, por meio de uma atuação mais integrada e intensa das empresas em encontrar soluções para o desafio. Para a Unilever, a gestão responsável da água é um tema de extrema importância. A companhia registrou redução de 36% no consumo de água em suas fábricas entre 2008 a 2014.

Também este ano, a Unilever Brasil aderiu à Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura, promovida pelo CEBDS (Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável); ao Protocolo Climático do Estado de São Paulo, ação da Secretaria Estadual do Meio Ambiente; e fechou parceria com o Trata Brasil para ampliar a promoção ao saneamento básico.

Baseado no estudo do impacto social, econômico e ambiental do ciclo de vida de vários de seus produtos, o Plano de Sustentabilidade da Unilever tem como visão dobrar de tamanho, ao mesmo tempo em que diminui pela metade a pegada ambiental e aumenta o impacto positivo na sociedade.

“O plano de sustentabilidade da Unilever tem uma visão ousada e ambiciosa, mas entendemos que somos apenas uma companhia dentre muitas e que as mudanças necessárias para enfrentar os desafios socioambientais são enormes e urgentes. Por isso, defendemos mudanças fundamentais nos sistemas mais amplos e reforçamos a importância de um engajamento das esferas pública e privada. Só assim conseguiremos ter a escala necessária para atingir o impacto necessário”, complementa Antonio Calcagnotto, Head de Assuntos Corporativos e Sustentabilidade da Unilever Brasil.