Olympikus investe em campanha de running

Para destacar sua nova linha running, a Olympikus aposta no projeto “The Final Test”, criado pela DM9Sul, que traz uma série com três testes – Teste Cego Definitivo, Teste dos Especialistas e Teste dos Fanáticos – que pretendem mostrar de forma transparente qual a percepção de especialistas, atletas profissionais e amadores sobre os produtos da Olympikus. Todos os filmes, informações dos produtos e materiais do projeto podem ser vistos no hotsite da marca.

Também faz parte da campanha o filme “Escute seu Corpo” que, mais do que uma peça, é um convite à prática esportiva, dando continuidade ao conceito “Seu corpo não foi feito para ficar parado”, apresentado pela marca em 2014. A campanha de running deste ano, que engloba o projeto The Final Test, é o resultado de um reposicionamento da marca, criado após um grande estudo que a Olympikus e a DM9Sul realizaram para conhecer melhor o seu consumidor e que permite uma aproximação maior com o público.

Um dos destaques do projeto é o Teste Cego Definitivo, que escolheu dois medalhistas paralímpicos, referência em suas categorias, para testar os produtos da Olympikus e de quatro outras marcas. Os produtos foram selecionados de acordo com suas características e faixa de preço. Os atletas cegos Cristian Valenzuela (Chile), primeiro medalhista paralímpico do seu país, e Terezinha Guilhermina (Brasil), a velocista paralímpica mais rápida do mundo segundo o Guiness Book, foram os escolhidos e testaram os modelos Rio 2 e Skin Change da Olympikus, respectivamente.

Os tênis da Olympikus e das outras marcas foram distribuídos aleatoriamente nas raias de uma pista de corrida. Os atletas calçavam os pares, corriam e, ao final, atribuíam uma nota de 0 a 5 para cada um dos modelos, citando suas características mais marcantes. Os produtos da Olympikus testados receberam nota 3 do chileno e 5 da brasileira.

O segundo teste, chamado Teste dos Especialistas, levou os produtos da Olympikus para serem testados na Jamaica e no Japão. Na Jamaica, terra dos grandes campeões de atletismo, o corredor profissional Shavon Barnes, do Racers Track Club, testou o modelo Skin Change nas ruas e nas pistas. Segundo ele, todo mundo deveria ter um tênis desse. “É muito confortável e tem um bom amortecimento. Eu gostei da ventilação, do cabedal. Ele deixa o vento entrar através do tênis”, afirmou.

No Japão, berço tecnológico, o Boken Quality Evaluation Institute, laboratório que realiza testes de alta tecnologia para determinar a qualidade e o nível de performance de vários produtos, testou o desempenho dos modelos Faster 3, Beat e Skin Change. Entre os aspectos avaliados estavam a resistência, o amortecimento, a aderência e a flexibilidade. No geral, os tênis tiveram um bom desempenho, com mais de 70% de aprovação na soma de todos os quesitos, com destaque para o Beat, que foi aprovado em 100% das avaliações.

Para garantir a transparência e a credibilidade do Teste Cego Definitivo e do Teste dos Especialistas, a Olympikus convidou representantes das principais revistas de running do Brasil, para acompanharem todas as etapas dos processos ocorridos na Jamaica, Japão e Brasil.

O terceiro e último, o Teste dos Fanáticos, foi feito no Brasil, com atletas amadores, fãs declarados de outras marcas. Quatro pessoas que usam produtos das principais marcas de running foram convidadas a testarem os modelos Impulse, Beat, Skin Change e Faster 3 da Olympikus.  Após os testes, Vanessa Heineck Salgueiro, Mauro André June Paranhos, Catharina Cecato Conte e Gustavo Gubert Piccinini deram seus depoimentos e afirmaram que recomendariam, com certeza, os tênis da marca para outros corredores.

“Desde o início, o objetivo dos testes e do projeto como um todo foi mostrarmos que a nova coleção de running da Olympikus possui tecnologia e atributos tão bons quanto às principais marcas do segmento. Porém, de uma forma autêntica, transparente e impactante. Não é a marca falando que possui alta qualidade. São especialistas, corredores e atletas sem nenhum vínculo com a marca, comentando suas percepções após testarem os produtos. São eles confirmando que estamos no caminho certo”, destaca Pedro Bartelle, diretor de marketing do grupo Vulcabras|azaleia. E complementa: “estamos muito orgulhosos do resultado que tivemos até aqui”.

“Partimos de um fato real para construir esse projeto: a linha de running da Olympikus tem tecnologia semelhante às principais marcas internacionais. A partir disso, tivemos o insight de provar isso. Criamos então um projeto de branded content. São 4 documentários filmados no Brasil, Japão, Jamaica e Chile que apresentam testes reais que não deixam dúvida que o Brasil tem uma marca que desenvolve tecnologia de ponta para correr, fazer, dizer”, salienta Márcio Callage, presidente da DM9Sul.

Assista ao filme: https://youtu.be/Vw2-iHCiwXc

Ficha técnica:

Agência: DM9Sul
Cliente: Olympikus
Título: The Final Test Olympikus
Presidente: Marcio Callage
Vice-Presidente de Criação: Marco Bezerra
Head of Art: João Pedro Vargas
Diretor de Criação Associado: Everton Behenck e Rodrigo Pereira
Criação: Fabrício Pretto, Thomás Paiva, Rogério Chaves e Fernando Rihan
Planejamento: Luisa Bettio
Diretor de Atendimento: Claudia Schneider
Atendimento: Ângela Sosa e Cecília Martines
Gerente de projeto: Camila Gonçalves
Diretor de Mídia: Silvio Calissi
Mídia: Milena Bitencourt
RTVC: Thiago Vanigli
Produção: Mariene Braga e Gisele Pereira
Produtora Digital: Santa Transmedia
PR: Mariella Taniguchi
Social Media: Anna Martha Silveira e Thais Sardá
Produtora Vídeo: Santa Transmedia
Diretor Filme: Filipe Zapelini e Douglas Bernardt
Diretor de fotografia: Lucas Oliveira e Douglas Bernardt
Produtora de Audio: Fita e Coletivo 433
Foto: Fabiano Rodrigues e Daniel Marenco
Aprovação Cliente: Pedro Bartelle, Ana Hochscheidt, Katia Buriol, Daniela Ortácio e Marciele Fernandes.