KitKat dá um break no seu tradicional ritual para celebrar a diversidade

A marca global de chocolates KitKat lança campanha inspirada no icônico posicionamento da marca – “Have a Break, Have a KitKat” – para reforçar a valorização permanente ao movimento LGBTQIA+. Criada pela GUT São Paulo, a campanha traz diversas formas inusitadas de dar o tradicional break de KitKat. Ao invés de quebrá-los individualmente, forma mais popular adotada ao redor do mundo há décadas, o filme mostra pela primeira vez o chocolate sendo, por exemplo, mordido. A partir das diferentes e não tradicionais formas de fazer o ritual de KitKat, a marca reforça que o respeito à diversidade e à liberdade não devem se limitar apenas ao mês de junho.

O filme é uma celebração às diferenças, com cenas de pessoas LGBTQIA+ mostrando que cada um tem o seu break único. Há, por exemplo, quem morde todos os fingers de uma vez, quem come com garfo e faca ou hashi. A principal mensagem é de que as tradições podem ter “breaks”, mas o orgulho não.

A narrativa de comunicação estará sustentada por um planejamento estratégico de ações em favor da causa. “KitKat foi criada há mais de oitenta anos e atravessa gerações, trazendo um break na rotina dos consumidores sempre acompanhado de um ritual muito particular, muito nosso, que se transformou em um ícone global. Propor um break ao nosso próprio ritual, vale a pena, se for para celebrar a diversidade através do jeito único de cada um, seja na forma de curtir KitKat, seja na forma de viver a vida. Além disso, queremos manter a pauta LGBTQIA+ viva ao longo do ano, além do mês do orgulho” afirma Patricia Nacamuta, gerente de marketing de KitKat.

Para o diretor executivo de Criação da GUT São Paulo, Bruno Brux, a campanha usa o próprio posicionamento institucional da marca para demonstrar apoio à comunidade. “A internet odeia quando alguém come KitKat do que chamam de jeito errado. Mas aqui estamos celebrando as diferenças, cada BREAK do seu jeito. Não há jeito certo ou jeito errado para nenhuma das nossas verdades e KitKat está trazendo essa narrativa para todas as gerações”, diz Brux.