Wieden+Kennedy São Paulo é a primeira agência certificada com o selo Carbon Free

De olho na retomada verde da economia e em consonância com iniciativas privadas voltadas à preservação do meio ambiente, a Wieden+Kennedy São Paulo fecha parceria com a organização Iniciativa Verde para compensar as emissões de CO2 de sua operação por meio da reestruturação de florestas nativas.

Com isso, a agência conquista o selo Carbon Free da organização que há 15 anos promove a redução de emissões dos gases de efeito estufa, causadores do aquecimento global. De acordo com Fernanda Antonelli, managing director da W+K, “a sustentabilidade veio para ficar e todos nós temos que encontrar formas cada vez mais atuantes de compensar nossas interferências no clima”.

A iniciativa confere à Wieden+Kennedy São Paulo o status de primeira agência a obter o selo, que tem validade de um ano, e a intenção é estimular que mais empresas da área de comunicação abracem essa ideia. Por isso, além da sua própria compensação, a Wieden+Kennedy será parceira da APRO – Associação Brasileira da Produção de Obras Audiovisuais e da Iniciativa Verde no lançamento de um movimento maior, voltado à produção audiovisual, com cartilha, dicas, parceiros e mensagens para fomentar uma cadeia mais sustentável no mercado publicitário.

Para a CEO da Apro, Marianna Souza, “movimentos como este são uma resposta forte e mais do que necessária do nosso setor. Inspirados pela experiência dos nossos parceiros internacionais AdGreen no Reino Unido e GreenTheBid nos EUA, somada à lista de anunciantes que se empenham em modelos mais sustentáveis de negócios cresce a cada dia, e seria uma imprudência fechar os olhos para isso. Queremos construir uma rede de parceiros e soluções que ajudem todo o audiovisual a acompanhar essa demanda que faz bem para o mundo e muito mais para os negócios”.