sábado, junho 22, 2024
Programa Grandes Nomes da Propaganda no canal Markket
InícioAgênciasRepense conquista a conta do Instituto Votorantim

Repense conquista a conta do Instituto Votorantim

A Repense, agência independente brasileira comandada por Otávio Dias, anuncia a conquista da conta do Instituto Votorantim. Na oportunidade, o primeiro desafio da agência foi desenvolver desde o princípio e ativar totalmente a comunicação da campanha “Vai Lá e Vota”, que liderada pelo Instituto, tem como foco principalmente eleitores de 16 a 29 anos, faixa etária que mais se absteve nas últimas eleições.A primeira fase da campanha começou em abril com o intuito de incentivar os jovens a tirarem ou regularizarem seus títulos de eleitor. Já a segunda fase é um projeto para educar e motivar o jovem a estar por dentro de todo processo eleitoral, para acompanhar as campanhas e tomar uma decisão correta na hora de votar. Por fim, mas não menos importante, a campanha fecha seu ciclo incentivando o comparecimento às urnas.Criado em 2002, o Instituto Votorantim é o centro de inteligência aplicada que desenvolve soluções socioambientais com foco na geração de valor para as empresas do grupo Votorantim, e que desde 2018 atua ativamente no fortalecimento da cultura democrática entre organizações e indivíduos em todo Brasil.“O marketing de causas está no DNA da Repense. E fazer parte de um momento histórico de exercício da democracia como as Eleições, em um projeto super importante para conscientizar os jovens e a população em geral sobre a importância de votar, é sem dúvidas um grande privilégio”, comenta Otávio Dias, CEO da Repense.A Repense conquistou a conta através de processo de concorrência, tornando-se a responsável pelo desenvolvimento e lançamento da campanha “Vai lá e Vota”, que estará em veiculação até outubro.De acordo com Bianca Beltrami, líder da iniciativa no Instituto Votorantim, investir em uma campanha que valoriza a democracia tendo o jovem como foco é uma ação de extrema importância para o momento que vivemos: “Os jovens têm o poder do voto, mas estão cada vez menos motivados a participar das eleições. Isso não quer dizer que a juventude seja apática. Entendemos que falta dar luz aos motivos, causas e razões para comparecer às urnas. O nosso desafio é apresentar essa mensagem de modo que possa circular de forma natural entre os jovens e a Repense foi o parceiro que escolhemos para essa importante tarefa”.

Artigos relacionados

Novidades