NBS cria painel que mata mosquito Aedes Aegypti

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou recentemente que o vírus Zika é uma emergência global. E, para ajudar a combatê-lo, a NBS criou o Painel Mata Mosquito, uma peça publicitária projetada para ser colocada em pontos estratégicos de foco do Aedes Aegypti, que atrai e mata os mosquitos, contribuindo para a diminuição dos casos das doenças transmitidas por eles.

O mosquito é atraído pelo mobiliário urbano, em um raio de até 4km, por um dispositivo que joga no ar uma solução à base de ácido lático, que reproduz o odor expelido pelo suor humano, e CO2, que simula a respiração humana. Luzes potencializam a atração, facilitando a aproximação do inseto em direção à peça. Como o mosquito voa baixo, o mecanismo de captura está localizado na base do painel. Um sugador captura os mosquitos, que ficam presos no painel até morrerem desidratados.

O painel foi instalado em duas localizações do Rio de Janeiro: Centro e Tijuca. Mas para que o impacto positivo seja relevante, toda a tecnologia do projeto está disponibilizada no site www.painelmatamosquito.com.br em modo de creative commons, para que qualquer cidade do Brasil e do mundo possa replicar a ideia.

“Esta iniciativa reflete uma crença da NBS: não apenas discursar sobre um tema, mas apresentar soluções concretas que apoiem este discurso. E como estamos disponibilizando a tecnologia em modo de creative commons, temos a expectativa de ver esta solução se espalhar por mais lugares”, declara André Lima, sócio e VP de criação da NBS.

A iniciativa é da NBS em parceria com a Posterscope.

Assista ao vídeo e conheça o projeto:

 

Ficha Técnica

Título: Painel Mata Mosquito
Agência: NBS
Anunciante: Posterscope
VP de Criação e Planejamento: André Lima
Diretor Nacional de Criação: Carlos André Eyer
Diretor de Criação: Marcello Noronha
Criação: Augusto Correia, Bob Ferraz, Hagall Muniz.
RTVC: Andrea Metzker
Atendimento: Antonino Brandão, Tatiana Soter, Camilo Coelho.
Business Intelligence: Rafael Bica
Mídia: Poliana Tonelli
RP: Camilo Coelho, Karina Okabatake, Caroline Lessa, Máquina Cohn & Wolfe
Produtora filme: Cinerama
Direção – Daniel Vargas
Atendimento da produtora: Evelyn Oliveira
Produtor Executivo: Mario Nakamura
Coordenador de pós-produção: Luiz Meliga
Editor: Cris Sampaio
Coordenação de Produção – Taís Quadros
Computação Gráfica: Ricardo Brizio
Colorista: Ari Marins
Produção – Nina Riviello
Direção de Fotografia – Silvia Gangemi
Fotografia Adicional – Thiago Lima, Bernardo Richter e Alexandre Rosa
Assistente de câmera – Edmar Rosa
Eletricista – Paulinho Et
Produtora de som: Sonido
Produção e Direção Musical: João Miguel
Posterscope
Aprovação do cliente: Otto Frossard
Direção de arte: Angelo Henrique, Rodrigo Santos
Planejamento: Paulo
Produção: Julio Pires
Desenvolvimento: Clear Channel.