Godiva Propaganda busca conscientizar a população sobre a saúde masculina

O penúltimo mês do ano, busca conscientizar a população masculina sobre a importância dos exames, principalmente para diagnosticar o câncer de próstata. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), de 2020, o câncer de próstata é o segundo tipo mais frequente em homens (o primeiro, é o câncer de pele não melanoma, que incide em homens e mulheres). A estimativa do instituto para cada ano, do triênio 2020-2022, é de que serão diagnosticados 66 mil novos casos de câncer de próstata no país.

O problema é que em 95% dos casos, eles aparecem em estágio avançado, por isso a importância do diagnóstico precoce. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 2019, apenas 69% dos homens buscaram auxílio médico, contra 82% das mulheres.

Nem sempre é preciso recorrer ao exame do toque, é necessário primeiro fazer um exame de sangue para detectar se há uma alta de PSA (sigla em inglês para Prostate-Specific Antigen) que é a molécula produzida pela próstata e quando há uma alta pode indicar um tumor malígno. O exame p2PSA, é moderno e diminui consideravelmente a necessidade de biópsia. E é buscando essa desmistificação de que o exame é dolorido que a agência Godiva Propaganda lançou uma campanha inovadora sobre o Novembro Azul.

Sobre a campanha – Exame Indolor no Novembro Azul: “A ideia é justamente desmistificar que o primeiro exame deva ser o de toque. Muito pelo contrário, o exame não é invasivo. É moderno e indolor”, evidência Leandro Rampazzo, CEO da Godiva Propaganda.

Homens com mais de 50 anos ou acima de 45 anos que tenham histórico de câncer na família e sejam negros, devem realizar o exame anualmente e manter atenção aos sintomas. “Decidimos por buscar um rosto para a campanha que representasse isso, para criar a aceitação mais fácil com o paciente”, finaliza Rampazzo.