Chega ao mercado a RREC, que une agência e produtora

Rodrigo Righetti, em pé, ao centro e à esquerda, ao lado de Eduardo Cariboni, ambos sócios da RREC, junto com a equipe da empresa.

A indústria publicitária brasileira ganha um novo player nesse início de 2021, que passa a oferecer oficialmente as suas operações ao mercado depois de um breve período de soft opening. Trata-se da RREC, creative & production office que atua como agência e produtora de conteúdo e entretenimento para marcas e empresas. Seu trabalho mescla as atividades de agência de publicidade, produtora audiovisual, empresa de social media e desenvolvedora de tecnologia para comunicação em qualquer plataforma ou dispositivo.

Criada pelos sócios Rodrigo Righetti (Chief Creative Officer – CCO) e Eduardo Cariboni (Chief Operating Officer – COO), a RREC resulta da fusão entre a Agência RGT e a produtora de filmes Estúdio RGB e já surge com um portfólio de clientes que inclui Fast Shop, Consigaz, Camicado, Blue Med Saúde, Bio Ritmo e SmartFit. Também assina frequentemente trabalhos para anunciantes como Brastemp, Nespresso, Phillips, Siemens e iCarros, entre outros.

“A RREC faz um trabalho que concentra tudo em um só lugar, controla todo o processo para que não haja nenhuma perda de informação ou conflitos e para que o trabalho saia impecável, afastando a burocracia e impulsionando a agilidade”, afirma Righetti. “Com isso, conseguimos entregar nos prazos estipulados um trabalho verdadeiramente criativo, alinhado com o momento, dentro do contexto real do cliente e seu consumidor, falando a língua dele”, assegura o CCO.

“Gastar milhões em produção e errar na segmentação porque não houve tempo suficiente para mapear o público certo, entender o contexto atual, criar algo com relevância e utilizar a tecnologia e as redes ao seu favor é como jogar dinheiro fora. Hoje, um filme lindo não impacta tanto se o público certo não conseguir chegar até ele”, completa Cariboni. Para o COO, o mercado busca propostas diferentes na prática. “As empresas querem mais agilidade, menos burocracia e valores mais acessíveis e é isso que a RREC oferece aos seus parceiros”, diz.

Para conseguir entregar tudo o que se propõe a realizar com qualidade impecável, agilidade e preços altamente competitivos, a REEC conta com uma equipe de profissionais altamente capacitados e treinados para fazer o mapeamento do cenário físico, macro e digital, de cada cliente; apontar lacunas, áreas de cruzamento e insights; atuar no desenvolvimento de conceitos estratégicos e planejamento de mídias; ter a criação integrada a todas as etapas do trabalho que é realizado para cada cliente; além de fazer a produção de maneira estratégica e alinhada com cada objetivo a ser alcançado.

“Para conseguirmos essa excelência, nossos profissionais têm profundo conhecimento de todas as etapas do processo de trabalho da RREC. Cada personagem foi treinado criativamente e estrategicamente para pensar e atuar nas funções que desempenham”, Righetti explica. Com um time de mais de 30 profissionais, a equipe da empresa de criação e produção conta com Account Producers (uma junção de produtor com atendimento), Creative Strategies (criativos estratégicos que são designers, diretores de arte, redatores e roteiristas), Creative Trainees (jovens talentos que integram diversas áreas em cada job, até que seja ‘descoberta’ aquela em que cada um atua melhor), Creative Vídeo Makers (diretores de cena, editores e motion designers), Insighters (que atuam com planejamento e social media) e Creative Vídeo Operators (operadores de câmera e luz).

Sete anos de relação

Até unirem as atuações de suas empresas em uma única operação, os sócios da RREC tiveram sete anos de trabalho que muitas vezes eram realizados em conjunto. Righetti tem longa experiência no mercado e, à frente da Agência RGT já atendeu clientes como Aon Seguros, Shopping Iguatemi, Hospital Albert Einstein, DASA, Microsoft, Ford e Editora Globo, entre outros. Seu currículo inclui passagens pela 5.6 Filmes, TV Alphaville, 4.B Computer Graphics e Microboard Electronics. Também já ocupou o posto de vice-presidente da International Association of Microsoft Channel Partners. Cariboni, por sua vez, atua no mercado de comunicação há 20 anos, tendo no currículo atuação como diretor de criação da Elemídia Empresas, onde, durante cinco anos, criou e produziu conteúdo de comunicação interna para Itaú, O Boticário, Alpargatas, Unilever, Bayer, Rainha, Mizuno e Timberland.

“A primeira vez que a RGT veiculou um comercial de 30 segundos na Rede Globo foi com uma produção realizada pela RGB. A primeira websérie criada pela RGT foi produzida pela RGB. As duas empresas chegaram a produzir um projeto por semana durante sete anos de relação. Nos sites de ambas os projetos se repetiam, ou seja, essa fusão já existia, só faltava estar no mesmo local e ter um nome. Foi assim que criamos a RREC”, conta Cariboni. A união das primeiras letras dos nomes dos sócios batizou a nova operação: Rodrigo Righetti e Eduardo Cariboni.

Para os idealizadores da RREC, hoje a propaganda não é mais obrigatória. “Uma pessoa que assiste televisão e é impactada pelo comercial pode trocar o canal, pegar o celular ou o computador, tem milhões de lugares para os quais pode desviar a sua atenção. Por isso temos como filosofia que a publicidade que criamos precisa ser puro entretenimento, para que o público continue com os olhos nela. Temos de ser intencionais, queremos que as pessoas entrem nos canais de nossos clientes para assistirem seus conteúdos e, quando verem os vídeos, chamem o resto da casa para mostrar aquilo que está no ar”, finaliza Righetti.