Ampla cria campanha para anunciar os novos tempos da agência

Em março, no começo da pandemia, a Ampla foi uma das primeiras empresas do segmento no Nordeste a adotar 100% o home office, bem como, garantir o emprego de todo o quadro de colaboradores até dezembro.

Agora, em uma decisão empresarial, que envolveu todos os sócios, a partir de 2021, a agência passa a adotar um modelo híbrido, em um espaço menor, com menos pessoas trabalhando no local.

Para anunciar esses novos tempos, criou campanha como as mais tradicionais do mercado imobiliário, na qual, além de informar esse “novo normal”, anuncia a locação do icônico prédio no bairro Madalena, zona norte de Recife, sua sede por quase 30 anos.

Composta de anúncios para jornais e revistas, landing page, outdoor, filmes para redes sociais e TV e anúncios em sites especializados em imóveis, a campanha é baseada em um tripé de ideias, que marcam a mudança da empresa – e não só fisicamente: “Precisando de um escritório? A gente, não”, “A Ampla decidiu trocar o CEP por um URL” e “Alugue o prédio da ampla. Nosso futuro já não cabe nele”.

A opção de se partir para o tradicional anúncio de mercado imobiliário – segmento que a Ampla atuou durante décadas – foi exatamente por ser o formato que mais chama a atenção de quem pretende alugar um imóvel corporativo e uma forma criativa – e divertida – de anunciar o novo momento. Mais, os anúncios saem às sextas-feiras, clássico dia para esse tipo de publicidade.

“A Ampla não se vê mais em um escritório convencional e entende que a publicidade também não pode mais se ver assim. Estamos com um novo pensamento de negócio, que quebra paradigmas do mercado, como um todo, e da empresa, em particular. Empresas sendo geridas à distância, remotamente, o que já não era uma novidade para alguns segmentos da economia, contudo na propaganda não se tem conhecimento anterior dessa dinâmica, de 100% do efetivo trabalhando de casa. Dessa forma, a nova Ampla não cabe mais naquele espaço. Por isso, decidimos anunciar a nova fase da agência e, ao mesmo tempo, a locação do antigo endereço em uma mesma campanha”, define Queiroz Filho, co-presidente da Ampla.

Assista: