Y&R e Casa Claudia detalham as mudanças na forma de morar dos brasileiros

A Young & Rubicam (Y&R) e o Grupo Abril criaram um estudo, a partir da análise de valores pessoais e na relação das pessoas com suas casas, que resultou no anuário de tendências 2017 da revista Casa Claudia. O Estudo Home identificou quatro perfis de comportamento – Casa Hotel, Casa Empresa, Casa Clube e Casa Galeria – e seus respectivos hábitos de consumo.

Parte de uma pesquisa, ainda em andamento, o estudo contemplou entrevistas qualitativas com especialistas em várias áreas do conhecimento, como sociologia, arquitetura, antropologia, psicanálise, design e influenciadores do mercado home, assim como consumidores. “A vida dos brasileiros mudou muito nos últimos anos, desde a relação cotidiana com a tecnologia até no trabalho. O Estudo Home procura entender as múltiplas tendências e valores atuais dos brasileiros, que não existiam há cinco ou dez anos, as transformações ocorridas e suas implicações em hábitos de consumo”, explica Sumara Osório, diretora de planejamento da Y&R e responsável pela condução da pesquisa, ao lado de Vivianne Brafmann, diretora de relação com o mercado da Y&R, que acrescenta: “Na próxima etapa, vamos entender o tamanho desses fenômenos”.

Dentre os perfis identificados e abordados pela publicação estão Casa Clube, em que o receber bem e os ambientes de convivência com família e amigos são os mais valorizados; Casa Empresa, em que a intimidade e o trabalho se misturam; Casa Hotel, para quem aposta em funcionalidade de espaços e precisa de serviços de conveniência por perto, e Casa Galeria, com arte, moda e design em cada canto, mudanças recorrentes na decoração e a exclusividade como guia.

“Este ano, o Especial Tendências volta seu foco para o comportamento. Com apoio de Casa Claudia, a agência de propaganda Y&R preparou uma pesquisa que detalha como a forma de morar dos brasileiros mudou nos últimos anos, acompanhando tendências mundiais. O estudo definiu quatro perfis: Casa Hotel, Casa Galeria, Casa Empresa e Casa Clube. Cada um deles, com suas peculiaridades, é mostrado nesta edição com reportagens em profundidade. Uma das novidades é a relação das gerações mais jovens com a moradia, definida pelo desapego, pela preocupação com a ecologia e pelo compartilhamento de serviços. Ao mesmo tempo, os mais velhos abrem as portas para os amigos e integram ambientes da casa para tornar esses encontros mais agradáveis ou decoram com obras de arte e coleções. CASA CLAUDIA é a primeira revista a abordar fortemente esses temas, tanto na sua edição mensal quanto agora, nesta edição, totalmente dedicada às tendências de ponta”, explica Eliana Sanches, Diretora de Redação de CASA CLAUDIA.