O Globo comemora 95 anos com reflexões sobre o futuro

Em 29 de julho de 1925, foi fundado o jornal O GLOBO pelo jornalista Irineu Marinho. Para celebrar seus 95 anos em um momento de transformações tão intensas na sociedade, potencializadas pelos desafios impostos pela pandemia do coronavírus, o jornal volta seu olhar para o futuro e mira confiante no centenário com uma edição especial de aniversário desta quarta-feira.

“Comemoramos o aniversário em meio a um grande processo de transformação digital, baseado na mudança radical na forma como o leitor consome notícias. É uma travessia ainda inacabada, mas bem-sucedida sob diversos ângulos, como, por exemplo, a liderança em visitantes únicos entre os jornais brasileiros”, analisa o diretor de Redação do GLOBO Alan Gripp .

Hoje, no dia 29 de julho, a publicação de 95 anos do GLOBO veio em um caderno especial no jornal impresso e tem um ambiente digital exclusivo onde serão tratadas as transformações do atual momento sob diferentes e importantes perspectivas. Além disso, o jornal convocou os editores para eleger as notícias que gostariam de publicar nos 100 anos do GLOBO, entre outras surpresas.

Como parte das comemorações, O GLOBO também realiza lives, com a participação de 25 colunistas e convidados que se dividirão para discutir temas urgentes, como democracia, educação, diversidade, ciência, cultura e o próprio jornalismo. Os encontros online são transmitidos pelo site e pelas redes sociais do jornal e têm cobertura no site e na edição impressa do GLOBO, sempre acompanhados da marca criada para os 95 anos do jornal e estampada no alto desta página, que reflete a permanente consonância com o presente e o futuro.

Alessandro Alvim, editor-executivo visual do GLOBO, é o responsável pela criação da marca de aniversário. “O número 5, ao final, é também uma seta em looping, o que chamamos de giro infinito. E é um símbolo que também remete à internet, o meio pelo qual todos trabalhamos hoje, em tempos de pandemia”, explica.