“O Brasil não parou, ele anda em duas rodas” é o mote da campanha do Estadão com a Honda Motos

Com uma cobertura cada vez mais plural e multiplataforma, O Estadão tem se destacado por parcerias criativas nas soluções de negócios. Exemplo disso é o lançamento do projeto Mobilidade Estadão Delivery em conjunto à Honda Motos.

De acordo com a Prefeitura de São Paulo, a capital possui 200 mil motociclistas e entregadores de delivery. Durante o período de isolamento social, causado pela covid-19, o número de pedidos para entrega aumentou significativamente.

Com o objetivo de destacar a importância desses trabalhadores, que são essenciais e alcançaram ainda mais destaque durante o período, a Honda Motos e o Mobilidade Estadão lançam a campanha sob o mote “O Brasil não parou, ele anda em duas rodas”.

O projeto tem duração de dois meses e engloba produção e distribuição de conteúdo pelos canais do Estadão, com podcasts, matérias especiais publicadas na editoria de Economia e no Caderno Mobilidade, além de vídeos e mídia impressa.

“Em um momento tão importante para o mercado, é fundamental que nossas ações estejam de acordo e alinhadas com as necessidades de nossos parceiros. O Estadão oferece às agências e aos anunciantes parcerias diferenciadas e exclusivas, sempre focando nos melhores resultados de negócios”, comenta Paulo Pessoa, Diretor Executivo Comercial do Estadão.

A primeira ação do Mobilidade Estadão Delivery foi a distribuição gratuita de 100 mil exemplares do Mobilidade Estadão Delivery nos principais pontos de concentração desses profissionais durante o dia de maior movimentação na semana, que é o sábado.

Para o Gerente de Marketing da Honda Motos, Odair Dedicação Junior, a campanha está alinhada ao cenário atual e reforça a importância da motocicleta como ferramenta de trabalho. “Acredito que esta campanha traz à tona a relevância dos profissionais do delivery para a nossa sociedade. O Estadão foi assertivo nas ações realizadas e conseguiu entender nosso propósito”, comenta.

O principal objetivo da ação é entregar conteúdo relevante aos entregadores, comunicando, por exemplo, quais cuidados devem ser levados em consideração para uma manutenção correta e funcionamento precisos da moto, dicas de segurança no trânsito e finanças voltada aos negócios, cuidados com a saúde, e outros temas importantes para que eles sigam operando com sucesso.

“Com as medidas de isolamento social, a importância dos serviços de entrega ficou ainda mais evidente. Mas, essa nova rotina requer maior atenção dos motociclistas em relação à manutenção da moto, pois algumas peças têm o funcionamento diretamente ligado à sua rodagem. A falta de cuidado pode ocasionar o mau desempenho de peças, podendo causar panes no veículo, fazendo com que o profissional perca o dia de trabalho ou, ainda pior, sofra sérios acidentes”, revela Marcelo Godoi, diretor do Estadão Mobilidade.

O conteúdo do projeto foi desenvolvido pela área do Mobilidade Estadão e MediaLab em conjunto com o jornalista especializado Arthur Caldeira. O primeiro podcast já está no ar e tem como tema “Mitos e verdades sobre a manutenção da moto”. O Mobilidade Estadão Delivery, em parceria com o Honda Motos, segue durante os meses de julho e agosto.