The End inaugura núcleo de 3D e amplia entregas

A The End está ampliando suas entregas com a inauguração de um novo núcleo. Referência em serviços de edição e pós-produção, a empresa passa a contar também com uma divisão dedicada à criação e produção de filmes em 3D e animação, que não necessitem abertura de câmera.

O departamento nasce após a crescente demanda durante a pandemia, complementando a oferta de serviços em parceria com anunciantes, agências e produtoras de filmes. Quem assume a liderança da área é Rodrigo Gusmão, artista de 3D e computação gráfica que já contribuía com projetos da The End e, agora, passa a integrar o time em definitivo como diretor criativo.

“Já utilizávamos técnicas de 3D e animação de forma pontual para alguns trabalhos de pós e, com a pandemia, essa demanda evoluiu. Com o Gusmão e esse novo núcleo, a gente agrega uma solução aos nossos serviços, atuando de forma mais criativa e próxima das agências, anunciantes e produtoras, assim como já fazíamos com soluções de pós-produção, cor e edição”, explica Duda Izique, sócio e diretor geral da The End.

Formado em Publicidade pela ESPM, Rodrigo Gusmão se especializou em 3D e motion na Vancouver Film School e atuou na canadense Sequence Post, desenvolvendo projetos para clientes como NFL, League of Legends, Halo 4 e Super Bowl. De volta ao Brasil, também integrou os times da Vetor e Consulado.

“Já estava atuando em parceria com a The End para alguns projetos e foi muito gratificante ver essa demanda crescer em volume potencial de negócios. Vimos que esta é uma solução importante para o mercado, que podemos oferecer com a mesma excelência que já executamos os serviços de pós”, destaca Gusmão, que atuará tanto dirigindo como na liderança criativa em projetos de outros diretores.

Em agosto do ano passado, a The End produziu o filme de animação “Pedacinhos”, criado pela David para Lacta, ainda como solução pontual. Depois da entrada de novos projetos, como um filme em parceria com a Pereira & O’Dell para a cerveja Corona nos Estados Unidos, o núcleo estreia oficialmente com a produção da peça que lança a nova Família G da Motorola, além de uma série de novos projetos globais para a marca.