LOUD+ contrata o compositor e produtor musical Felipe Kim

A LOUD+ anuncia o produtor musical Felipe Kim, cujo repertório é reconhecido no mundo cinematográfico, passando também pela publicidade. Músico autodidata, ele iniciou a carreira na cena underground de São Paulo, tocando guitarra, baixo e sintetizadores. Criou trilhas para peças de teatro e compôs músicas para o cinema. Começou a trabalhar como compositor de trilhas sonoras em 2014, acumulando anos de experiência no mercado. 

Ainda no início da carreira trabalhou no documentário “Amy”, vencedor de um Oscar, entre outros projetos internacionais como “Self / Less”, “Shot Caller”, “Maradona” e “Awake”. Entre as produções nacionais destaca-se o programa de TV “Felizes Para Sempre”, um dos grandes sucessos da TV Globo; e “Chacrinha – O Velho Guerreiro”, primeiro longa-metragem com trilha sonora assina por Felipe Kim e que foi premiado como Melhor Filme e indicado como Melhor Trilha Sonora Original no Prêmio Brasileiro de Cinema. Felipe Kim tem ainda no portfólio “Entre Irmãs”; “DOM”; e “O Mecanismo”, para a Netflix; e está entre os compositores da Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.  

Em meio à pandemia do Covid-19, lançou seu primeiro EP independente, “Monumentos Modernos”, no Spotify. Sua música é contemporânea, misturando sons eletrônicos e acústicos tradicionais com ambientes e ruídos inusitados. Felipe Kim co-produziu a faixa “Saiba”, do cantor brasileiro Davi Sabbag, e realizou palestras sobre “Criatividade e Construção de Trilhas Sonoras”, para o canal de YouTube da Budweiser no B-Talks #BSideStudio 

Ele também tem experiência com trabalhos publicitários para marcas como Fiat, Gatorade, Honda, L’Óreal, Natura, Budweiser e Renner, para a qual ganhou prêmios como Profissionais do Ano deixando seu trabalho ainda mais atraente para o mercado. 

Felipe Kim promete “trazer um olhar moderno e cinemático para os próximos desafios do time da LOUD+, através de uma criatividade mais livre e contemporânea.” 

Veja grande parte deste portfólio de Felipe Kim aqui