Juh Almeida é a nova diretora de cena da Prodigo Films

A jovem baiana Juh Almeida roteirizou e dirigiu o curta-metragem Náufraga (2018), vencedor na categoria de melhor curta-metragem baiano no XIV Panorama Internacional Coisa de Cinema e selecionado em inúmeros festivais dentro e fora do Brasil, entre outros curtas que já estão sendo finalizados pela Prodigo com lançamentos previstos para 2020, como Eu, Negra (2017), filmado em Salvador, e Irun Orí (2019), filmado na Bahia e em Moçambique.

Juh expressa de forma documental, experimental e poética “vivências e narrativas negras” inseridas em sua vida e obra. Especialista em direção de fotografia pelo Bucareste Ateliê de Cinema de São Paulo (2019), é graduada no Bacharelado Interdisciplinar em Artes, com especialização em Cinema, pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Ela faz parte do DAFB – Coletivo das Diretoras de Fotografia do Brasil, do catálogo Women Photograph, e é associada à APAN – Associação dxs Profissionais do Audiovisual Negro.

“Me sinto entusiasmada com o início dessa nova jornada. É como ter a permissão para a colheita de tudo o que plantei durante os últimos anos investidos na minha carreira. A sensação que tenho é que percorri muitos caminhos, mas que agora cheguei em casa, ávida e disposta para essa nova trajetória”, comemora Juh Almeida.

“Sempre pensamos quem serão as pessoas que estarão do nosso lado, especialmente agora. A Juh com certeza é uma dessas pessoas que queremos por perto. Diretora, roteirista, fotógrafa, artista, realizadora. Não tenho palavras para descrever o tamanho do seu trabalho. Muito menos para expressar o quanto estamos felizes com a sua chegada”, enfatiza André Godoi, sócio e diretor de cena da Prodigo.