Café Royal lança filme para anunciar chegada da nova Diretora

Capturando diversidade e brasilidade com originalidade em lentes analógicas, a diretora multiartista e vencedora do International Emmy ® Kids Awards e atualmente membro da International Academy of Sciences & Arts, Mari Cobra chega para reforçar o time da Café Royal. O tom crítico e autêntico da diretora promete trazer traços de realidade aos filmes publicitários, abrindo espaço para registros culturais realistas e modernos, dialogando de forma mais objetiva com o cotidiano do brasileiro.

“Procuro autenticidade mostrando o que temos de melhor aqui, no Brasil, sem ficar olhando pra fora. Quero também destacar as principais inquietações sociais, com atenção às principais problemáticas, contribuindo para reflexões e retratando com curiosidade as questões que movimentam o país. E buscar a potência das narrativas em sua essência com uma estética exigente é meu objetivo, sempre, explicou Mari Cobra.

No portfólio da diretora, o trabalho comercial para marcas como Avon, Netflix, Mercado Pago, J&J, Levi’s captura a vida real de uma perspectiva mágica e realista, sempre trabalhando para alcançar um estilo inovador. Sua fotografia começou com fotos de streetstyle para a Levi’s, viajando pelo mundo em festivais de música. Depois dedicou-se apenas aos formatos analógicos, fazendo editoriais, séries pessoais e retratos.

“Cheguei a Café para somar em todos os sentidos, minha trajetória inclui desde filmes publicitários a dramaturgia,  uma consistência que imprime nas histórias que me proponho a contar. Busco sempre me reinventar, vivo em constante mutação sempre buscando melhores resultados. Assim como a cobra, troco constantemente de pele, nesse sentido, sempre em busca da evolução para o meu trabalho. A Café acredita nesse potencial e eu no deles”, acrescentou a diretora, que foi anunciada pela Café Royal em filme exclusivo

DIVINAS é seu projeto de série de fotos analógicas auto-publicado dedicado a empoderar mulheres latino-americanas através da confiança de seus corpos em revistas e jornais da região, como Estadão, El País, Tpm, Cosmopolitan. O projeto também está em desenvolvimento para se tornar um documentário de longa metragem.

“Um projeto bem relevante que abriu muitas portas foi um curta sobre violência doméstica, um filme bem forte, que me levou para muitos festivais experimentais. Eu já tinha essa vontade de olhar para as questões feministas. São sempre as questões que me incomodaram nos projetos pessoais e que depois eu trouxe para a publicidade. O cansaço de ver o mesmo padrão, com zero diversidade ou adversidade, oportunista com datas especiais, me fez propor outras perspectivas, que destacam o meu trabalho até hoje. Essa mesma perspectiva me levou também a vencer o 8º International Emmy ® Kids Awards, com o branded content “NOSSO Sangue, NOSSO Corpo”, lançado pela Fox Latin America, que conta a história de cinco adolescentes, de lugares diferentes do mundo, enfrentando o desafio da passagem para a vida adulta. Esse trabalho mostra também, e em especial, sobre como as marcas podem e devem se posicionar e potencializar mensagens importantes”,  acrescentou.

Trabalhos

Mari também idealizou e dirigiu a websérie Zodíaca para Hysteria (Youtube). Em 2020 Mari foi selecionada para o Berlinale Talents Buenos Aires 2021 e no mesmo ano também dirigiu um episódio da série de TV “Sociedade do Cansaço” para Globoplay e canal GNT, indicada como melhor série documental pelo Prêmio do Cinema Brasileiro em 2022, mesmo ano em que  dirigiu a 18ª temporada da série “Detetives do Prédio Azul” para Gloob e Globoplay.

Vale destacar também, que seu primeiro curta-metragem “The Regret” foi selecionado para o Mongolia International Film Festival, 32nd Berlin International Shortfilm Festival, Seoul International New Media Festival, entre outros. E seu roteiro de ficção “Lucía e a piscina” ganhou um fundo para desenvolvimento da Agência Brasileira de Cinema em 2018 (FSA) e foi selecionado pelo Torino Film Lab em 2019.

Como diretora de fotografia Mari trabalhou em parceria com Glauco Firpo em “Our Blood Our Body” e também trabalhou no curta “The Gift”, dirigido por Daniel Wierman e selecionado para o Mix Brasil Festival entre muitos outros. Ela também foi indicada a melhor Fotografia no VMF – Video Music Festival Brasil em 2021.

 

Ficha técnica:

Título: Divulgação Mari Cobra

Produtora/Imagem: Café Royal

Direção: Mari Cobra

Produção Executiva:  Moa Ramalho / Giovana Grigolin / Pedro Bueno

Coordenação de Produção:  Alessandra Cipolletta / Julia Fontes

Atendimento de Pós-produção: Camila Santana

Direção de Fotografia: Dariely dos Santos Belke

Direção de Arte: Natalia Miyashiro Semahim

Figurinista: Heloísa Mendonça Cobra de Carvalho

Direção de Produção: Marcelo Colaiacovo

1o Ass. de Direção: Leticia de Sena Silva

1o Ass. de Direção: Manuela Carvalho Pinto

Coordenação de pós-Produção: Camila Santana

Ass. Coordenação de Pós: Juliane Rezende

Ass. Ilha de Pós: Iara Scarpa

Montagem: Thiago Bueno

Finalizador: Reinaldo Souza Santos

After Effects: Edson Cruz / Geninho

Color Grading: Acauan Pastore

Produtora de áudio: Fat Cat Audio

Produção Musical: Rafael Campanini / Daniel Arruda

Atendimento e coordenação de produção de áudio: Steffanie Ventura

Produção de Medidas de Contenção ao Covid-19: Marcelo Colaiacovo

Produção: Hugo Dourado

Ajudante de produção: Gabriel Amadio

Produtor de Objetos: Anita Lisboa

Maquiador: Leila Turgante

1º Ass. Câmera (foquista): Flora Pinho Correia

2º Ass. Câmera / Videoassist: Rafaella Arcuschin Machado

Logger: Daniel Upton Martinez

Eletricista: Noel Gomes de Brito Filho

Ass. Elétrica: Cristiano Farias Junior / Nádia Hinz Alves Carneiro

Maquinista: Izenilton Costa de Souza Lima

Ass. Maquinária: Valdomiro Santos Lima / Alex Nogueira / Flavio Aparecido Vianna

Fotografia still: Anna Letícia Carrer da Silveira

Assistente de foto still: Ana Tonezzer Ansbach

Adestrador de Animais: Antônio “Prof. Jayro” da Fonseca Motta Fagundes

Bombeiro: Alan Mario Fermino Costa

Biomédica: Juliana Oliveira Ribeiro