Sinapro-SP anuncia nova diretoria para o triênio 2020-2023

Dudu Godoy (Foto Fernando Gardinal).

O Sindicato das Agências de Propaganda do Estado de São Paulo (Sinapro-SP) anuncia a eleição da nova diretoria que comandará a entidade no triênio 2020-2023. O publicitário e jornalista Dudu Godoy, que já estava à frente da presidência, foi reeleito para o cargo, e Roberto Tourinho será o vice-presidente.

Composta por 22 executivos e dirigentes de agências paulistas, a nova diretoria foi escolhida por unanimidade por representantes de agências filiadas do Estado de São Paulo. Compõem a Diretoria, Antônio Donizete Dudli (Diretor Financeiro), Geraldo de Brito (Secretário), Paulo César Ferrari (Relações Interassociativas), Ester Parreira de Miranda (Planejamento e Desenvolvimento) e Rino Ferrari Filho (Relações Governamentais).

Uma novidade nesta gestão do Sinapro-SP, é a criação da Diretoria Regional, composta por sete representantes do interior do estado, convidados pela diretoria efetiva do sindicato. “Uma das propostas para este triênio é fortalecer a representatividade do Sinapro-SP em todo o Estado de São Paulo. Nesse sentido, a decisão de convidar estes profissionais para contribuir com a administração da entidade nos permitirá ter um termômetro das diversas regiões do interior paulista e avaliar ações voltadas a esses mercados”, destaca Dudu Godoy.

Representam a Diretoria Regional Marcos Cesar Baleeiro, de Sorocaba; Américo Rodrigues Barbosa, de Santos; Cleber Peres, de Catanduva; José Roberto Delalibera, de São José do Rio Preto; Rogério Teixeira de Almeida, de Araçatuba; Thiago Alves de Faria Pereira, de Taubaté; Ronaldo Severino, Ex-Diretor do Sinapro- SP, representando a cidade de São Paulo.

O Conselho Fiscal é integrado por Luiz Augusto Teixeira Leite, Pedro Atílio Cesarino, Luiz Celso de Piratininga Figueiredo Júnior, Cesar Augusto Massaioli, Francisco Garcia Dias da Silva e Raul Audi Júnior, e como Suplentes estão Gustavo Rafael Moreira e Guilherme Raboni.

Propostas de ação

Nesta gestão, o SINAPRO-SP quer ampliar as parcerias junto às entidades do setor e, principalmente, aumentar o envolvimento em ações e projetos que impactam toda a indústria da comunicação, tais como o combate às fake news e as tentativas de restrição à propaganda, a defesa da autorregulamentação e a busca por maior engajamento das agências no levantamento do CENP-Meios. “`É importante melhorar o parâmetro de dados sobre os investimentos em mídia, com informações mais completas sobre o que ocorre em todo o interior do Estado de São Paulo e também na capital paulista, pois isto nos permitirá ter referências ainda mais consistentes e que ajudarão a orientar o próprio negócio das agências”, explica Dudu Godoy.

Entre os desafios da nova gestão, destaca-se a necessidade de garantir a retomada segura dos negócios no pós-pandemia, com a realização de iniciativas como o “Protocolo de Prevenção à Covid-19 em Agências de Publicidade”, e o trabalho de articulação da CCT (Convenção Coletiva do Trabalho), para que ofereça segurança jurídica ao setor publicitário.

“O novo mandato torna-se ainda mais desafiador diante do cenário atual, em que as agências estão sendo obrigadas a se reinventar em todos os sentidos, seja na oferta de serviços quanto no formato de trabalho e, principalmente frente à forte redução nos investimentos publicitários em decorrência da COVID-19. Daí estarmos definindo uma pauta abrangente de trabalho”, acrescenta o presidente do Sinapro-SP.