Ranking de agências do Cenp-Meios recebe adesões

O CENP, Conselho Executivo das Normas-Padrão, divulgou uma revisão do recém-lançado ranking de agências de publicidade com dados do Sistema CENP-Meios 2020.

A revisão tornou-se necessária a partir da manifestação de quatro agências que reviram a sua opção por não liberar a divulgação de seus nomes no ranking e passam a ser mencionadas. Ao todo, o CENP-Meios conta com um painel de 216 agências certificadas.

“A boa repercussão do ranking pode ter motivado as agências que reavaliaram a sua opção inicial”, diz Caio Barsotti, presidente do CENP. “O ranking, como parte do sistema CENP-Meios, é ferramenta valiosa para a gestão dos negócios publicitários e para fomento da atividade”.

O ranking é a mais recente inovação do CENP-Meios. Ele ordena, a partir da maior, as agências de publicidade que detêm a Certificação de Qualificação Técnica pelo seu volume de investimento em mídia por conta e ordem dos anunciantes sem declinar o valor investido. No caso das agências participantes do CENP-Meios que mantêm a sua disposição de não ter seus nomes citados, suas respectivas posições aparecem em branco.

A partir deste ano, os dados parciais do CENP-Meios (jan-mar, jan-jun e jan-set) estarão disponíveis exclusivamente aos associados e agências certificadas participantes de cada painel. Os dados serão publicados apenas quando da divulgação das informações referentes ao ano de 2021, prevista para março de 2022.

O CENP divulgou em 16 de março dados do painel CENP-Meios referentes ao investimento em mídia via agências de publicidade em 2020, da ordem de R$ 14,2 bilhões.