Pesquisa da ESPM destaca quais marcas mais representam o Rio de Janeiro

A Havaianas, marca de calçados da Alpargatas, é pela segunda vez consecutiva a marca que tem mais a cara do Rio de Janeiro, segundo uma pesquisa realizada pelo think tank cRio ESPM, sobre quais as marcas que mais representam o estilo carioca. Na sequência, vêm Matte Leão, a grife de roupas Farm e Biscoito Globo. O estudo, que está em sua segunda edição, foi conduzido pelos pesquisadores do cRio ESPM Eduardo Ariel e Karine Karam, e foi baseado em entrevistas online feitas com 245 cariocas.

A pesquisa também revela as marcas mais preocupadas com o meio ambiente, na percepção dos cariocas. A primeira colocada foi a Natura, com 24% das citações. Em seguida, aparecem Pantys e Lolla Cosmetics, ambas com 4%. Mas uma parte significativa dos entrevistados — 16% — disseram não reconhecer nenhuma marca vinculada ao atributo de respeito ambiental.

A Farm é a principal referência dos cariocas em vestuário feminino, com 40% das citações. Em vestuário masculino, a marca mais citada foi a Reserva. A maioria dos respondentes, quase 53%, nunca comprou roupa masculina pela internet, porém Nike, Adidas e Reserva, respectivamente, se destacaram de forma positiva por seus sites.

A pandemia apresentou novas marcas para 57% dos cariocas, como a plataforma Zoom, que 16% dos entrevistados passaram a usar e conhecer. Nesse período, algumas marcas viram sua reputação entre os cariocas aumentar significativamente. As cinco marcas mais valorizadas no período são Magalu, iFood, Ambev, Mercado Livre e Itaú. Quando perguntados sobre as mais criativas durante a pandemia, Mercado Livre e Magalu, respectivamente, foram as mais lembradas.

Com o isolamento social os pedidos de comida viraram hábito entre os cariocas. Cerca de 43% dos respondentes mencionaram o iFood quando perguntados sobre aplicativos de entrega de comida em casa. Entre os aplicativos para compras, os cariocas destacaram iFood com 35%, Mercado Livre com 15% e 10% escolheram Uber Eats. Entre os aplicativos que não podem faltar no celular do carioca estão WhatsApp para 62%, Instagram para 55% e Twitter para 19%.

Confira aqui outros destaques da pesquisa:

Farmácias

33% Pacheco

24% Droga Raia

20% Venâncio

Livrarias

46% Saraiva

44% Travessa

2% Cultura

Supermercados

31% Zona Sul

14% Guanabara

12% Mundial

9% Pão de Açúcar

9% Extra

25% Outros

Restaurantes

19% Outback

8% Gurumê

4% Mcdonald’s

Praias

26% Ipanema

25% Barra da Tijuca

9% Leblon

5% Leme

Hotéis

38% Copacabana Palace

10% Windsor

10% Fasano

Museus

44% Museu do Amanhã

18% Centro Cultural Banco do Brasil

17% MAM

Veículo do Mídia

38% TV Globo

10% Instagram

5% Netflix

Influenciadores digitais

26% Nenhum

7% Felipe Neto

4% Jout Jout