domingo, fevereiro 25, 2024
Programa Grandes Nomes da Propaganda no canal Markket
InícioMercadoFundadores do Surf Junkie Club anunciam data de abertura

Fundadores do Surf Junkie Club anunciam data de abertura

SURF JUNKIE CLUB (SJC), projeto que utiliza artes digitais assinadas pelo designer e publicitário Marcello Serpa como passaporte de acesso ao clube de benefícios e experiências exclusivas para a comunidade do surf, anuncia a data de abertura das vendas ao público.

As carteirinhas de sócio estarão disponíveis a partir do dia 21 de março e são limitadas a 4 mil membros, o que representa 0,01% dos 40 milhões de surfistas espalhados pelo mundo. Entre os benefícios que os membros do Surf Junkie Club poderão usufruir estão experiências ao lado de grandes nomes do esporte, surf trips dos sonhos nos melhores picos de onda do mundo e acesso a produtos em collabs com marcas como Billabong, Evoke e Pyzel. “Poder conectar e inserir o Macaronis Hotel Resort na Comunidade Surf Junkie, me traz uma imensa felicidade. O acesso diferenciado que os Surf Junkers terão neste paraíso de ondas, esta em total sintonia com um dos propósitos do Macaronis: proporcionar ambiente propício para unir surfistas do mundo todo. E isso é que me encanta no Surf Junkie; uma plataforma que permitirá interligar negócios, produtos, entretenimento e oportunidades para surfistas e admiradores do surf do mundo todo. Além de poder adquirir essas obras únicas do renomado Marcello Serpa. Satisfação poder ser sócio e responsável pela segurança jurídica deste importante negócio”, afirmou Natan Baril, um dos idealizadores do projeto.

As experiências serão disponibilizadas exclusivamente aos sócios, que poderão adquiri-las para participar ou para comercializá-las internamente – já que nem todas as experiências terão 4 mil vagas – ou para surfistas que não tenham acesso ao clube, através do mercado secundário, como a OpenSea. Além disso, todos os membros do Surf Junkie Club possuem direitos autorais exclusivos sobre a sua arte digital, participam e votam nas reuniões de desenvolvimento de experiências e produtos, além de acessarem conteúdos exclusivos, como o podcast feito pelo jornalista Steven Allain exclusivamente para o clube.

“O surf é uma paixão desde que eu era criança. Mas foi quando entrei na faculdade, 20 anos atrás, que percebi a necessidade de profissionalizar e inovar essa cultura que se transformou em um mercado gigante. Desde então, venho tentando fazer isso com diversos projetos e ideias que acabaram me oferecendo experiências e momentos inesquecíveis na minha vida. O SJC conecta a essência do surf com o sonho das pessoas em viver essas experiências, utilizando uma das tecnologias mais fascinantes que eu já vi”, afirma Felipe Baracchini, um dos fundadores do projeto.“Um dos grandes desafios do design e da comunicação é simplificar conceitos complexos. Por exemplo, traduzir a visão de uma marca num filme de 60 segundos ou na criação de um logotipo. Nesse sentido, o desafio de levar a web3 para o mundo do surf é fascinante. Porque boa parte do que faz a web3 ser tão disruptiva ainda envolve conceitos rebuscados e mudanças de paradigmas. Vejo que nosso maior desafio com o Surf Junkie Club é criar uma marca que seja leve, despretenciosa, provocativa e, ao mesmo tempo, consiga deixar a web3 inteligível e acessível para os 40 milhões de surfistas que existem no mundo”, completa Caio Mattoso.

Artigos relacionados

Novidades