Cenp-Meios divulga seu primeiro ranking de agências

O CENP, Conselho Executivo das Normas-Padrão, divulga hoje, 7 de abril, a partir das 15h, o primeiro ranking de agências de publicidade a partir dos dados do Sistema CENP-Meios coletados ao longo de 2020 em um painel de 216 agências certificadas.
A inovação, que se soma a várias outras apresentadas nos últimos meses, foi elogiada por lideranças do segmento de agências.

“O ranking do CENP-Meios é mais uma excelente contribuição para o mercado”, diz Daniel Queiroz, presidente da Fenapro, entidade mantenedora do CENP. “Agora será possível a cada agência saber que posição ocupa em termos de compra de mídia em nome dos seus clientes e, mais importante, acompanhar seu desenvolvimento ao longo do tempo, à medida que novos rankings forem publicados”.

Mario D’Andrea, presidente da Abap, entidade mantenedora do CENP, lembra que o mercado brasileiro de publicidade é um dos mais importantes do mundo. “Por isso, toda e qualquer régua que nos ajude a medir nossa atividade e dar dimensão do nosso negócio é sempre muito bem-vinda”, diz ele.

O ranking ordena, a partir da maior, as agências pelo seu volume de investimento em mídia por conta e ordem dos anunciantes sem, no entanto, declinar o valor investido. Algumas das agências participantes do CENP-Meios declinaram de ter seus nomes citados. Neste caso, a posição delas no ranking aparecerá em branco.
Outra novidade sobre o CENP-Meios é que, a partir deste ano, os dados parciais (jan-mar, jan-jun e jan-set) estarão disponíveis exclusivamente aos associados e agências certificadas participantes de cada painel, sendo publicados apenas quando da divulgação dos dados referentes ao ano de 2021, previsto para março de 2022.

O CENP divulgou em 16 de março dados do painel CENP-Meios referentes ao investimento em mídia via agências de publicidade em 2020, da ordem de R$ 14,2 bilhões.

O sistema é possível graças ao compromisso e dedicação das agências participantes e das software houses AdSolutions, Microuniverso, Publi, VBS e iClips.