ABA lança convite ao mercado para reflexão quanto à autorregulamentação em prol de uma publicidade livre, dinâmica, transparente, ética e responsável no país

ABA lança convite ao mercado para reflexão quanto à autorregulamentação em prol de uma publicidade livre, dinâmica, transparente, ética e responsável no país Documento propõe iniciar aprofundamento de discussões relacionadas ao setor, sobretudo no sentido de autorregulamentações que elevem o grau de eficiência e o nível de qualidade da publicidade no Brasil São Paulo, 15 de março de 2021 – A ABA, Associação Brasileira de Anunciantes, lançou ao mercado nesta segunda-feira, dia 15, um convite para engajar todo o setor a refletir sobre o exercício da autorregulamentação na busca pela publicidade ética, transparente e responsável no Brasil.

O documento é resultado do empenho de grupos de trabalho que, compostos por executivos das áreas de Marketing e Mídia das associadas da ABA, delimitaram os aspectos técnicos e estratégicos centrais da autorregulamentação.

O convite se propõe a ser um ponto de partida básico ao aprofundamento das discussões setoriais, sobretudo em prol de medidas autorregulamentares que elevam o grau de eficiência e nível de qualidade da publicidade Brasileira. O documento em questão incentiva um diálogo coerente, reforçando temas relevantes para o setor como, por exemplo, o compromisso com a transparência e livre negociação em toda cadeia de suprimentos; a não obrigatoriedade de certificações e tabelas fixas de desconto; o incentivo e valorização à segurança das marcas; com efetivo combate às fraudes, a garantia de uma mídia cada vez mais visível, confiável e amigável ao consumidor e a valorização de auditoria e medição do mercado.

Com esta declaração pública, a ABA e suas associadas realizam um convite a entidades representativas e agentes econômicos, públicos ou privados, a se engajarem em um diálogo edificante ao setor e ao Brasil.

“A ABA se organizou, local e globalmente, em torno da definição daquilo que entendemos como uma autorregulamentação transparente, ética e justa para nosso mercado, uma vez que sabemos ser também obrigação nossa buscar caminhos para garantir a qualidade total do setor. Estamos certos de que nossa contribuição para com um mercado atualizado e cada vez mais dinâmico representa um movimento que acompanha o mundo em que vivemos, cuja velocidade de mudança e modernização segue em ritmos acelerados. A ABA, praticando sua vocação para o protagonismo colaborativo, traz neste convite mais um passo dentro do caminho do nosso propósito de mobilizar o marketing para transformar os negócios e a sociedade. Acreditamos nisso”, afirma Nelcina Tropardi, presidente da ABA.