Reamp lança Bootcamp de Marketing Programático 

Crédito da foto: Reamp - Divulgação.

A Reamp é idealizadora do primeiro treinamento do País sobre o assunto. Com 30 horas de duração, o Bootcamp de Marketing Programático teve início no começo do ano, a partir de turma precursora formada pelos próprios funcionários e por uma rica troca de conhecimentos sobre estratégias, tecnologia, mídia e dados, assim como pelo desenvolvimento de habilidades para escalar negócios por meio de tecnologias de automação.

O primeiro treinamento de marketing programático do Brasil inaugurou o Reamp Academy, iniciativa da empresa para provocar o pensamento estratégico dos profissionais, compartilhando conhecimento em aulas e módulos por meio de uma nova experiência de aprendizado.

“Com a ‘expertise’ de uma empresa de marketing programático e uma operação completa de tecnologia, mídia e dados, queremos estimular um espaço de troca de conhecimento para desenvolver competências estratégicas e para capacitar talentos digitais. Tudo de um jeito leve, descomplicado e colaborativo, pois o contexto tecnológico atual, principalmente num cenário pós-pandemia, demanda adaptabilidade”, explica David Reck, CEO da Reamp.

“Tudo isso promove uma mudança na forma com que se aprende e se busca conhecimento, agora de forma contínua, em um ciclo no qual se precisa estar aberto a aprender, desaprender e reaprender”, completa Reck.  Para o desenvolvimento do Reamp Academy, foram investidos mais de seis meses de trabalho. Visando oferecer conteúdos inovadores e compartilhar toda a sua expertise em marketing programático, a empresa contratou a consultoria da Muta Ecossistema, que promoveu uma série de capacitações com experts em design instrucional.

“A fase beta do nosso bootcamp pioneiro em marketing programático, que teve início ainda em janeiro, antes do período de quarentena, contou com a primeira turma formada por funcionários, convidados a partir das suas atuações e necessidades dos projetos nos quais estão envolvidos. No entanto, futuramente, depois da normalização das atividades pós-pandemia, teremos novas turmas, dessa vez aberta ao mercado e voltada àqueles que buscam ampliar a forma de pensar”, adianta David Reck.

“Do bootcamp evoluímos para um complexo programa de Planos de Desenvolvimento Individuais, PDIs. A partir deles, está sendo preparada uma versão EaD, de ensino a distância. Após a quarentena, também retomaremos com os treinamentos presenciais. A ideia dos PDIs é começar com os nossos funcionários e depois estender a funcionários dos nossos clientes, proporcionando um programa completo de desenvolvimento individual em marketing programático para equipes de grandes anunciantes. Quando tivermos o EaD concluído, também iremos utilizar para fomentar trabalhos sociais junto a entidades, auxiliando na formação de jovens que desejam ingressar no mercado programático, que é extremamente aquecido”, planeja Reck.

“A parceria entre Muta e Reamp tem como meta fazer Academy alcançar os seus objetivos, co-criando um plano ‘go to market’, trazendo uma cadência de ações e encabeçando a transformação do mercado por meio do conhecimento sobre marketing programático”, explica Rachel Frota, sócia da Muta Ecossistema.“Números comprovam que cuidar do capital humano e investir na capacitação de profissionais de forma ininterrupta gera resultados. Para o colaborador, é um desenvolvimento pessoal que vem acompanhado de motivação e disposição, ingredientes imprescindíveis para uma carreira bem-sucedida”, conclui David Reck.

Saiba mais sobre o Reamp Academy: https://www.reamp.com.br/blog/sobre-reamp-academy/