Live, o “novo normal” do showbusiness 

Com o isolamento social praticamente obrigatório, em razão da pandemia que acomete o mundo, as lives se tornaram o principal meio de diversão dos brasileiros. Mais que entretenimento, há o contexto social, de ajuda ao próximo.

Os números não mentem, há lives que batem recordes de audiência no YouTube e que geram grande repercussão nas mídias sociais durante e após sua exibição. 

Longe de ser a atração principal de uma live, um brasileiro – radicado na Flórida -, vem se destacando discretamente nesse cenário. Jornalista e empresário, Bruno Mendonça em poucos dias levantou mais de meio milhão de reais em apoios e doações para as lives de duplas como Thiago & Graciano, Fernando & Sorocaba, e Marcos & Belutti; os dois últimos recordistas de visualizações no YouTube. 

Depois da expressiva quantia arrecadada, Mendonça viu uma fila de artistas e de empresas o procurando, do dia para a noite, para a concretização de parcerias, afinal as lives parecem ser um caminho irreversível. 

“Os artistas e as marcas estão aprendendo na prática a como explorar esse novo produto. As lives vieram para ficar”, pontua o empresário que preside a BrazilAmericas LLC. 

O gênero sertanejo é conhecido por sua organização e união entre os artistas e gestores, e saiu na frente na realização das lives. “Acho nobre esse protagonismo dos artistas, que se empenham em levar entretenimento e ainda usar de seu prestígio e talento para levantar doações para tantos brasileiros”.

Antes de viver nos Estados Unidos, o jornalista construiu um network com grandes líderes, muito em razão de um programa de TV exibido pela Record News, onde toda semana entrevistava e construía uma relação de amizade com seus convidados. Daí a facilidade e acesso que permitiram tantas doações. 

“Esse foi um ativo que Deus me permitiu construir. Pude me tornar amigo de empresários que admiro e respeito, como o bilionário Carlos Wizard, um self-made-man raiz”, revela Bruno.