Arena Hub é inaugurado em evento 100% digital

Anunciado no ano passado pelo Governo do Estado de S.Paulo, Secretaria de Esportes do Estado de S.Paulo, Federação Paulista de Futebol, EY, 2Simple, Allianz Parque, V3A e BNZ, o Arena Hub, maior centro de inovação e fomento ao empreendedorismo com foco em esportes e entretenimento da América Latina, vai iniciar sua operação em formato 100% digital, devido ao momento de isolamento e distanciamento social pelo qual o país e o mundo todo está passando.

O evento de lançamento terá transmissão ao vivo, e será realizado no próximo dia 7 de Maio, com uma programação completa e específica para o fomento da inovação na indústria esportiva. O cadastro (gratuito) para acesso à transmissão do evento é através do site do Arena Hub (http://www.arenahub.com.br).

“Procuramos priorizar startups com propostas extremamente relevantes para o desenvolvimento do ecossistema, principalmente em um momento tão desafiador como este que estamos vivendo. Fomentar o senso de comunidade é essencial para promover a transformação da indústria”, diz Renato Gil – Co-Founder da 2simple.

“Passamos grande parte do nosso tempo empreendendo e buscando insights que se transformem em soluções para um sem número de oportunidades que vivemos cotidianamente. Somos um dos maiores ativos do mercado do entretenimento e esportes do mundo. Pelo Allianz Parque passam as maiores empresas de entretenimento, artistas, atletas, patrocinadores, clubes, consumidores, etc. Imagina tudo isso no mesmo lugar, ao mesmo tempo. Exatamente no “quintal da nossa casa”, só que agora estará disponível para todos!”, declara Marcio Flores, Diretor Comercial do Allianz Parque.

O evento online, que terá a apresentação de Fernando Cachinho, sócio-diretor da V3A e conselheiro da Arena Hub, abordará três temas centrais: “Arenas como plataforma de negócios”, com as participações de Pedro Daniel (EY), Guilherme Figueiredo (TVNSports), Luiz Davantel (WTorre) e um representante da Allianz Seguros. “Inovação na Retomada do Crescimento Pós-Covid19”, com presença de Mauro Silva, vice presidente da Federação Paulista de Futebol, e “Esporte como Plataforma de Impacto Social” promovendo um debate entre Flavio Canto, Lars Grael e outros grandes nomes (programação completa abaixo).

Cachinho detalha como será a dinâmica do evento. “Por questões de segurança impostas pelo isolamento social, nosso lançamento será feito no ambiente digital, com os convidados participando de suas casas. Será um privilégio dar o pontapé inicial em um dos principais objetivos do Arena Hub: promover conexões. Durante todo o evento, teremos as participações de agentes que simbolizam transformação socioeconômicas através do esporte. O lançamento será um cartão de visitas do Arena Hub, um ambiente digital interligando stakeholders fundamentais: as startups, empresas, entidades esportivas, governo e sociedade civil. Todos com espírito colaborativo e foco na geração de conhecimento”, afirma o executivo.

Assim como em outros centros de inovação em atividade no Brasil e no exterior, o Arena Hub reúne remotamente diversos players de um mesmo setor interessados em trabalhar de forma conjunta para desenvolver soluções a desafios estratégicos gerando impacto econômico e social. Para isso, o Arena Hub trabalha com startups em diferentes estágios de desenvolvimento oferecendo auxílio por meio de diversos programas de aceleração, capacitação, challenges, hackathons, mentorias coletivas, acesso à conteúdo e conhecimento.

“O Arena Hub segue firme em seu propósito de conectar profissionais, startups, entidades, investidores e grandes empresas para criar, apoiar e acelerar iniciativas, empresas, tecnologias e ideias que melhorem a vida das pessoas”, diz Ricardo Trade – Conselho Diretivo do Arena Hub. “Já temos mais de 40 startups selecionadas, além de mais de 25 entidades parceiras. As inscrições seguem abertas para outras interessadas, independentemente de iniciarmos os conteúdos online” – Danillo Dorazio – COO do Arena Hub.

O projeto foi idealizado pelo Governo do Estado de S.Paulo, pela Federação Paulista de Futebol (FPF), EY e 2simple. Não haverá utilização de recurso público, sendo o Governo do Estado um beneficiário pela geração de empregos e desenvolvimento de projetos. “Buscamos inspiração em iniciativas internacionais para desenvolver o esporte como plataforma capaz de construir um mundo de negócios melhor, unindo pessoas e oportunidades por meio da tecnologia”, afirma Pedro Daniel, diretor-executivo de Esportes, Mídia e Entretenimento da EY.